30 de janeiro de 2004

Faleceu José Álvaro de Morais


José Álvaro de Morais, realizador de "Quaresma" - 2001 ou "Peixe-Lua" - 2000, faleceu hoje vítima de doença prolongada, segundo notícia da Agência Lusa. Vencedor do Golden Leopard por "O Bobo" - 1987, no Locarno International Film Festival, deixa-nos hoje aos 60 anos.


Filmografia

"Quaresma" - 2003
"Peixe-Lua" - 2000
"Os 25 Anos do Teatro da Cornucópia" - 1999
"A Margem Sul" - 1994
"Zéfiro" - 1993
"A Corte do Norte" - 1989
"O Bobo" - 1987
"Ma Femme Chamada Bicho" - 1976

29 de janeiro de 2004

"House of Sand and Fog" por Ricardo Clara



Kathy (Jennifer Connelly) vê-se subitamente despejada da sua casa e perdê-la num leilão para Massoud Amir Behrani (Ben Kingsley), um coronel iraniano residente nos EUA com a sua mulher Nadi (Shohreh Aghdashloo) e o filho Esmail (Jonathan Ahdout). Revoltada, e com o apoio de Lester (Ron Eldard) um polícia local com quem se envolve, enceta uma luta (i)legal que terá consequências trágicas.
Nomeado para duas estatuetas douradas para melhor actor (Ben Kingsley) e melhor actriz secundária (Shohreh Aghdashloo), "House of Sand and Fog", do ucraniano Vadim Perelman, fixa definitivamente um novo degrau do cinema norte-americano pós 11 de Setembro: o sonho americano não é realmente aquilo que promete. Depois de "In America", de Jim Sheridan, que relata a inadaptação de uma família irlandesa à Big Apple, agora o choque de culturas entre uma tradicional família iraniana e a repulsa psicológica que a sociedade americana interiorizou depois do trágico acontecimento em 2001 se encontra patente nesta obra que hoje estreia nas nossas salas.




É um drama trágico e envolvente, revelador de enormes anticorpos criados por esta sociedade contra culturas estrangeiras, curiosamente denunciados por um irlandês (Jim Sheridan) e neste caso por um ucraniano (Vadim Perelman). Leva a reflectir sobre o onírico american world, quebrando barreiras e levantando questões. Quanto ao filme propriamente dito, possui um argumento inteligente, que infelizmente se precipita num desfecho exageradamente galopante, pois a narrativa, que em grande parte do filme se estende dolorosamente, termina abruptamente, com um desfecho com tanto de inesperado como de trágico. Esta tragédia grega da inadaptação demonstra duas belas interpretações que a Academia já recompensou com duas nomeações: Ben Kingsley, num papel autoritário de um homem desiludido com a vida (o que é uma constante no filme), mas que igualmente se entrega de coração à sua família e pela sua família e Shohreh Aghdashloo, uma surpresa para quem não assitiu ainda ao filme, a imagem de uma mulher dorida com o mundo e com a vida, principalmente por ter deixado para trás a vida que tinha, aliada à de uma força e humanidade própria de um pilar sobre o qual assenta grande parte da força estrutural da narrativa.
Em suma, não será a grande obra que 2003 produziu, mas tem os ingredientes necessários para levar os espectadores às salas de cinema neste fim de semana.


Título Original: "House of Sand and Fog" (EUA, 2003)
Realizador: Vadim Perelman
Intérpretes: Jennifer Connelly, Ben Kingsley e Shohreh Aghdashloo
Argumento: Vadim Perelman e Andre Dubus III
Fotografia: Roger Deakins e David Stockton
Música: James Horner
Género: Drama
Duração: 126 min
Trailer: n/d
Sítio oficial: http://www.dreamworks.com/houseofsandandfog

"No Good Deed" por Nuno Reis


"I hope you know how to die fast, because we need to be in Albany by eight."
Hoop (Doug Hutchison)


"No Good Deed", conta a história de um polícia, da secção de roubo de automóveis, com gosto pela música (mas pouco talento) que quando está de malas feitas para partir de férias é persuadido por uma vizinha desesperada a procurar a filha dela que fugiu com o namorado. Aceita a missão relutantemente e pelo caminho encontra um casal um pouco surrealista, minutos depois a ausência de uma fotografia deixa-o prisioneiro de um bando por engano. Nessa casa ficamos a conhecer pouco a pouco todos os elementos do bando que planeia assaltar um banco. Tyrone, o seu líder, confiante mas prudente, Loop, um louco que não toma a medicação devida, e Erin, a mulher que é a chave do golpe e que além de nos tirar a respiração controla e manipula todos os homens, tanto no filme como na sala.

Numa semana em que estreiam um filme de Woody Allen, um português, e dois com nomeações para Oscars, dificilmente um segundo filme com Samuel Jackson ("S.W.A.T." ainda é uma novidade) teria o que é necessário para conquistar multidões. O filme é já de 2002 e o título foi alterado, ser lançado nesta época é apenas mais uma prova de desespero.
O argumento, baseado no livro "The House on Turk Street", é fraco e inconsistente, por exemplo, um polícia quando tem pouco tempo sem vigilância tenta ligar para o 911 e quando tem muito em vez de ligar tenta escapar.
O filme peca em diversos aspectos, é fraco, não é minimamente apelativo, o argumento tem falhas técnicas e a única coisa que impede o espectador de sair da sala a meio é mesmo o olhar de Milla Jovovich. A realização está nas mãos de Bob Rafelson, autor de "Fice Easy Pieces" e outros filmes com Jack Nicholson, mas torna-se fácil ver por que motivo se tinha afastado do verdadeiro cinema, as cenas mais utilizadas são as sensuais e isso não é suficiente. O filme consegue ser vulgar nos momentos em que não é mau e só se torna bom em raros momentos que Jovovich monopoliza o ecrã.

Quanto ao elenco Samuel Jackson (que dispensa apresentações) cumpre o seu papel mas não se destaca, Doug Hutchison está mais louro mas tão louco como em "The Green Mile" (era o guarda prisional que irritava toda a gente), Stellan Skarsgård ("Dogville" e "The Glass House" foram os mais recentes) faz bem o seu papel, e Milla Jovovich (eternizada como Leeloo de "The Fifth Element" e recentemente a estrela de "Resident Evil") tem um papel que apesar de não ser excelente lhe fica bem, é uma mulher fatal e manipuladora que tem um plano secreto com cada um dos cúmplices de forma a ter sempre sucesso, uma daquelas mulheres que tem sempre a sua vida controlada de forma a vencer independentemente das circunstâncias, não me lembro de muitas outras actrizes que se safassem tão bem neste papel.

Hoje pode ver


Título Original: "21 Grams" (EUA, 2003)
Realizador: Alejandro González Iñárritu
Intérpretes: Sean Penn, Naomi Watts e Benicio Del Toro
Argumento: Guillermo Arriaga
Fotografia: Rodrigo Prieto
Música: Gustavo Santaolalla
Género: Drama
Duração: 125 min
Trailer: n/d
Sítio oficial: http://www.21-grams.com



Título Original: "House of Sand and Fog" (EUA, 2003)
Realizador: Vadim Perelman
Intérpretes: Jennifer Connelly, Ben Kingsley e Shohreh Aghdashloo
Argumento: Vadim Perelman e Andre Dubus III
Fotografia: Roger Deakins e David Stockton
Música: James Horner
Género: Drama
Duração: 126 min
Trailer: n/d
Sítio oficial: http://www.dreamworks.com/houseofsandandfog



Título Original: "Anything Else" (EUA / França / Reino Unido, 2003)
Realizador: Woody Allen
Intérpretes: Woody Allen, Jason Biggs, Danny DeVito e Christina Ricci
Argumento: Woody Allen
Fotografia: Darius Khondji
Música: n/d
Género: Comédia / Romance
Duração: 108 min
Trailer: n/d
Sítio oficial: http://www.anythingelse-themovie.com



Título Original: "No Good Deed" (EUA / Alemanha, 2003)
Realizador: Bob Rafelson
Intérpretes: Samuel L. Jackson, Milla Jovovich e Stellan Skarsgård
Argumento: Dashiell Hammett e Christopher Canaan
Fotografia: Juan Ruiz Anchía
Música: Jeff Beal
Género: Thriller / Drama / Crime
Duração: 103 min
Trailer: n/d
Sítio oficial: n/d



Título Original: "Portugal S.A." (Portugal, 2003)
Realizador: Ruy Guerra
Intérpretes: Diogo Infante, Cristina Câmara, Henrique Viana, Maria do Céu Guerra e Ana Bustorff
Argumento: Carlos Alberto Ferraz e Alberto Fernandes
Fotografia: Amilcar Carrajola
Música: Toli César Machado
Género: Drama
Duração: 95 min
Trailer: n/d
Sítio oficial: http://www.portugalsa.com



Título Original: "Between Strangers" (EUA / Canadá / Itália, 2002)
Realizador: Edoardo Ponti
Intérpretes: Sophia Loren, Mira Sorvino e Gérard Depardieu
Argumento: Edoardo Ponti
Fotografia: Gregory Middleton
Música: Zbigniew Preisner
Género: Drama
Duração: 95 min
Trailer: n/d
Sítio oficial: n/d



Título Original: "La Virgen de la lujuria" (Espanha / Portugal / México, 2001)
Realizador: Arturo Ripstein
Intérpretes: Luis Felipe Tovar, Ariadna Gil e Patricia Reyes Spíndola
Argumento: Max Aub e Paz Alicia Garciadiego
Fotografia: Esteban de Llaca
Música: Víctor García Ángel e Leoncio Lara
Género: Drama
Duração: 140 min
Trailer: n/d
Sítio oficial: n/d


28 de janeiro de 2004

Meet the Fockers


Este ano será filmada a sequela da comédia "Meet the Parents", filme de 2000, com o sugestivo título "Meet the Fockers".
Enquanto o primeiro falava das aventuras de um enfermeiro (Ben Stiller) que tentava convencer o pai (Robert De Niro) da sua namorada (Teri Polo) que ele era boa pessoa. O problema é que esse pai é um agente da CIA reformado. O filme termina com uma piada de De Niro que diz querer conhecer os pais dele... e é isso que se vai passar neste filme. Para o papel de pai de Stiller está confirmada uma interpretação de Dustin Hoffman e para a mãe estão em negociações com Barbra Streisand.
Será que estas duas personagens são pessoas normais? Afinal, chamaram ao filho Gay Focker...

Circo mediático


Já temos falado inúmeras vezes neste blog de séries televisivas, como "24", "Sex and the City" ou "Six Feet Under", entre muitos outros exemplos que podia dar, mas referimos essas séries ou porque foram galardoadas, ou por causa da qualidade narrativa que se encontra num patamar elevado em relação a alguma mediocridade que existe nessas produções. Produções que passam na televisão. E é este apontamento que eu quero deixar hoje aqui, porque o declínio dos conteúdos televisivos e a falta de respeito manifestada pelos media em geral em relação aos espectadores cria em mim um sentimento de revolta.
Os tempos mudam, as mentalidades evoluem. Mas permitir que sejamos manipulados emocionalmente por um grupo de pessoas, que através de habilidosa realização ou escrita, transformem um acontecimento trágico a quase todos os níveis num espectáculo televisivo é deveras deplorável. Falo obviamente da cobertura mediática que tem sido feita em resultado da morte do jogador Miklos Fehér, um acontecimento que pode muito bem ser apelidado de morte em directo. E (in)felizmente o faducho populista português veio ao de cima, mas pela pior via: a comunicação social. Centenas de vezes foram mostradas as imagens do atleta a tombar morto, e análises para todos os gostos e de todos os experts: os comentadores desportivos, os comentadores políticos e os economistas. Os cardiologistas e os especialistas em medicina desportiva. Os dentistas e os médicos de clínica geral. Os bombeiros, os jornalistas, os fotógrafos, os maqueiros, os jogadores, os amigos dos jogadores, o tio do avô de um amigo, amigo do jogador. Todos opinam, todos acham que têm que fazer a sua voz ser ouvida. Mas não pára por aqui. E como a morte foi em directo, também terá que o ser a cobertura televisiva e escrita. Temos directos do Estádio da Luz, do Estádio D. Afonso Henriques, do Hospital de Guimarães, da cidade onde nasceu o atleta, de Gyor, da casa dos pais na Hungria, na mesma cidade de Gyor, de Budapeste, do Aeroporto da Portela e provavelmente de um Aeroporto na Hungria, e de muitos outros sítios que eu não terei assistido ou que felizmente a memória me atraiçoa e não me relembro deles. E sem esquecer que o funeral será transmitido em directo! E como estamos num país em que quase sempre a culpa morre solteira, convém lembrar que a TVI tem prestado o maior exemplo de falta de qualidade, dando a cada dia um novo significado a palavras ou frases como baixo, rasca ou imprensa cor-de-rosa.
Muitas das pessoas que referi atrás serão as mesmas que criticam a constante tristeza nacional e a necessidade de alegrar o país para ele andar para a frente. Nada melhor então do que levarmos injecções brutas de necrofilia barata e populista, e de, à custa de audiências, nos recordarem que a cultura rasca em que vivemos dificilmente será ultrapassada só por vivermos num novo milénio, século ou ano. E que a tenda do circo mediático dificilmente poderá ser deitada abaixo.


27 de janeiro de 2004

Finalmente, Os Oscars!



Foi anunciada a lista de nomeados para os Oscars. Comecem os vossos palpites.

Melhor Filme


"The Lord of the Rings: The Return of the King"
"Lost in Translation"
"Master and Commander: The Far Side of the World"
"Mystic River"
"Seabiscuit


Actor Principal


Sean Penn - "Mystic River"
Johnny Depp - "Pirates of the Caribbean: The Curse of the Black Pearl"
Ben Kingsley - "House of Sand and Fog"
Jude Law - "Cold Mountain"
Bill Murray - "Lost on Translation"


Actor Secundário


Tim Robbins - "Mystic River"
Alec Baldwin - "The Cooler"
Benicio Del Toro - "21 Grams"
Djimon Hounsou - "In America"
Ken Watanabe - "The Last Samurai"


Actriz Principal


Charlize Theron - "Monster"
Keisha Castle-Hughes - "Whale River"
Diane Keaton - "Something's Gotta Give"
Samantha Morton - "In America"
Naomi Watts - "21 Grams"


Actriz Secundária


Renée Zellweger - "Cold Mountain"
Shohreh Aghdashloo - "House of Sand and Fog"
Patricia Clarkson - "Pieces of April"
Marcia Gay Harden - "Mystic River"
Holly Hunter - "Thirteen"


Melhor Realização


Peter Jackson - "The Lord of the Rings: The Return of the King"
Fernando Meirelles - "Cidade de Deus"
Sofia Copolla - "Lost in Translation"
Peter Weir - "Master and Commander: The Far Side of the World"
Clint Eastwood - "Mystic River"


Melhor Argumento Adaptado


"The Lord of the Rings: The Return of the King"
"American Splendor"
"Cidade de Deus"
"Mystic River"
"Seabiscuit"


Melhor Argumento Original


"Lost in Translation"
"Les Invasions Barbares"
"Dirty Pretty Things"
"Finding Nemo"
"In America"



Melhor Filme de Animação


"Brother Bear"
"Finding Nemo"
"The Triplets of Belleville"


Melhor Direcção Artística


"The Lord of the Rings: The Return of the King"
"Girl With a Pearl Earring"
"The Last Samurai"
"Master and Commander: The Far Side of the World"
"Seabiscuit"


Melhor Fotografia


"Master and Commander: The Far Side of the World"
"Cidade de Deus"
"Cold Moutain"
"Girl With a Pearl Earring"
"Seabiscuit"


Melhor Guarda-Roupa


"The Lord of the Rings: The Return of the King"
"Girl With a Pearl Earring"
"The Last Samurai"
"Master and Commander: The Far Side of the World"
"Seabiscuit"


Melhor Documentário Longo


"The Fog of War"
"Balseros"
"Capturing the Friedmans"
"My Architect"
"The Weather Underground"


Melhor Documentário Curto


"Chernobyl Heart"
"Asylum"
"Ferry Tales"


Melhor Montagem


"The Lord of the Rings: The Return of the King"
"Cidade de Deus"
"Cold Mountain"
"Master and Commander: The Far Side of the World"
"Seabiscuit"


Melhor Filme Estrangeiro


"Les Invasions Barbares"
"Ondskan"
"Tasogare Seibei"
"De Tweeling"
"Zelary"


Melhor Maquilhagem


"The Lord of the Rings: The Return of the King"
"Master and Commander: The Far Side of the World"
"Pirates of the Caribbean: The Curse of the Black Pearl"


Melhor Banda Sonora


"The Lord of the Rings: The Return of the King"
"Big Fish"
"Cold Mountain"
"Finding Nemo"
"House of Sand and Fog"


Melhor Canção


"Into the West" - "The Lord of the Rings: The Return of the King"
"A Kiss at the End of the Rainbow" - "A Mighty Wind"
"Scarlet Tide" - "Cold Mountain"
"The Triplets of Belleville" - "The Triplets of Belleville"
"You Will Be My Ain True Love" - "Cold Mountain"


Melhor Curta de Animação


"Harvie Krumpet"
"Boundin'"
"Destino"
"Gone Nutty"
"Nibbles"


Melhor Curta de Imagem Real


"Two Soldiers"
"Die Rote Jacke"
"Most"
"Squash"
"(A) Torzija"


Melhor Som


"The Lord of the Rings: The Return of the King"
"The Last Samurai"
"Master and Commander: The Far Side of the World"
"Pirates of the Caribbean: The Curse of the Black Pearl"
"Seabiscuit"

Melhor Edição de Som


"Master and Commander: The Far Side of the World"
"Finding Nemo"
"Pirates of the Caribbean: The Curse of the Black Pearl"

Melhores Efeitos Visuais


"The Lord of the Rings: The Return of the King"
"Master and Commander: The Far Side of the World"
"Pirates of the Caribbean: The Curse of the Black Pearl"

Outros prémios americanos



Este mês de Janeiro já nos trouxe os prémios da crítica, os Globos e os nomeados para os Oscares serão anunciados hoje ao início da tarde, mas algumas situações menos conhecidas e bastante caricatas devem ser referidas.

USC declara empate


A University of Southern California desde 1988 que atribui anualmente um prémio aquele que considera ser o melhor argumento adaptado e já distinguiu filmes como "L.A Confidential", "Schindler's list", "A Beautiful Mind" e "The Hours". Este ano os nomeados eram de peso: “Cold Mountain”, “The Lord of the Rings: Return of the King”, “Master and Commander: The Far Side of the World”, "Mystic River" e "Seabiscuit", o problema é que na votação realizada no início do mês estes dois últimos ficaram empatados. Como esta situação sem precedentes tinha de ser resolvida procedeu-se a uma nova escolha mas o empate manteve-se. No dia 15 será feito um jantar em que ambos os autores e ambos os argumentistas serão galardoados. Como foi dito por Robert Towne que presidia ao comité “This unprecedented finish is a fitting end to a year with so many outstanding film adaptations”. Visite o sítio do troféu para mais informações.

Razzie Awards



Foram anunciadas as nomeações para o prémio que ninguém quer! "Gigli" volta a mostrar ser o filme (des)preferido do ano e fica com 9 nomeações. Os principais nomeados são "Gigli"(9) "Cat in the Hat" (8) "From Justin to Kelly" (8) e "Charlie's Angels: Full Throttle" (7). De destacar que Stallone conseguiu em 24 anos da cerimónia atingir as 30 nomeações incluíndo "pior actor da década" e "pior actor do século", que venceu. Fica aqui a lista completa, outras informações em http://www.razzies.com.


Pior filme


"Cat in the Hat"
"Charlie's Angels: Full Throttle"
"From Justin to Kelly"
"Gigli"
"The Real Cancun"


Pior Actor


Ben Affleck ("Daredevil", "Gigli" e "Paycheck")
Cuba Gooding, Jr. ("Boat Trip", "Fighting Temptations" e "Radio")
Justin Guarini ("From Justin to Kelly")
Ashton Kutcher ("Cheaper By The Dozen" "Just Married" e "My Boss's Daugther")
Mike Myers ("The Cat in the Hat")


Pior Actriz


Drew Barrymore ("Charlie's Angels: Full Throttle" e "Duplex")
Cameron Diaz ("Charlie's Angels: Full Throttle")
Kelly Clarkson ("From Justin to Kelly")
Angelina Jolie ("Beyond Borders" e "Lara Croft Tomb Raider: The Cradle of Life")
Jennifer Lopez ("Gigli")


Pior Actor Secundário


Anthony Anderson ("Kangaroo Jack")
Alec Baldwin ("The Cat in the Hat")
Al Pacino ("Gigli")
Sylvester Stallone ("Spy Kids 3-D: Game Over", com cinco papeís tão maus que poderia ficar com a categoria só para ele)
Christopher Walken ("Gigli" e "Kangaroo Jack")


Pior Actriz Secundária


Lanie Kazan ("Gigli")
Demi Moore ("Charlie's Angels: Full Throttle")
Kelly Preston ("The Cat in the Hat")
Brittany Murphy ("Just Married")
Tara Reid ("My Boss's Daugther")


Pior Casal no ecrã


Ben Affleck & Jennifer Lopez ("Gigli")
Eric Christian Olsen & Derek Richardson ("Dumb and Dumberer")
Justin Guarini & Kelly Clarkson ("From Justin to Kelly")
Ashton Kutcher & OU Brittany Murphy ("Just Married") OU Tara Reid ("My Boss's Daugther")
Mike Myers & OU Coisa Um OU Coisa Dois ("The Cat in the Hat")


Pior Desculpa para Filme


"2 Fast, 2 Furious"
"Charlie's Angels: Full Throttle"
"The Cat in the Hat"
"From Justin to Kelly"
"The Real Cancun"


Pior Remake/Sequela


"2 Fast, 2 Furious"
"Charlie's Angels: Full Throttle"
"Dumb and Dumberer"
"From Justin to Kelly" (Remake de "Where The Boys Are" e "Where The Boys Are '84")
"Texas Chainsaw Massacre"


Pior Realizador


Martin Brest ("Gigli")
Robert Iscove ("From Justin to Kelly")
Mort Nathan ("Boat trip"
Irmãos Wachowski (ambas as sequelas de "Matrix")
Bo Welch ("The Cat in the Hat")


Pior Argumento


"The Cat in the Hat"
"Charlie's Angels: Full Throttle"
"Dumb and Dumberer"
"From Justin to Kelly"
"Gigli"

26 de janeiro de 2004

Golden Globes


Muita gente diz que os Globos são apenas prognósticos para os Oscars mas esta cerimónia tem o seu próprio encanto. No fim-de-semana foram anunciados os vencedores, a lista está aqui.


Drama


Melhor Filme: "The Lord of the Rings: The Return of the King"
Melhor Actor Principal (filme): Sean Penn (por "Mystic River")
Melhor Actriz Principal (filme): Charlize Theron (por "Monster")
Melhor Série: "24"
Melhor Actor (série): Anthony LaPaglia (por "Without a Trace")
Melhor Actriz (série): Frances Conroy (por "Six Feet Under")


Comédia/Musical


Melhor Filme: "Lost in Translation"
Melhor Actor Principal: Bill Murray (por "Lost in Translation")
Melhor Actriz Principal: Diane Keaton (por "Something's Gotta Give")
Melhor Série: "The Office"
Melhor Actor (série): Ricky Gervais (por "The Office"
Melhor Actriz (série): Sarah Jessica Parker (por "Sex and the City")


Restantes prémios para filmes:


Melhor Realizador: Peter Jackson (por "The Lord of the Rings: The Return of the King")
Melhor Actor Secundário: Tim Robbins (por "Mystic River")
Melhor Actriz Secundária: Renée Zellweger (por "Cold Mountain")
Melhor Argumento: "Lost in Translation" (escrito por Sofia Coppola)
Melhor Música Original: "Into the West" ("The Lord of the Rings: The Return of the King")
Melhor Banda Sonora: "The Lord of the Rings: The Return of the King" (escrita por Howard Shore)
Melhor Filme Estrangeiro: "Osama"


Prémios Filme para TV e mini-séries:


Melhor Actor Principal: Al Pacino
Melhor Actriz Principal: Meryl Streep
Melhor Actor Secundário: Jeffrey Wright
Melhor Actriz Secundária: Mary-Louise Parker
todos eles pela mini-série que venceu o globo da categoria, "Angels in America"

25 de janeiro de 2004

Imagens de "Blade 3"



Já estão disponíveis imagens do terceiro (e último?) filme acerca do Daywalker, o título é "Blade: Trinity" e conta a luta de Blade contra Drake (um Drácula moderno) e contra as autoridades pois os seus inimigos para o afastarem decidiram fazer uma campanha de terror acerca do único "homem" que os pode deter.
A data prevista para estreia nos EUA é 13 de Outubro, o filme além de Wesley Snipes e Kris Kristopherson conta ainda com a interpretação de Jessica Biel.



Detido pirata


Foi detido pelo FBI um homem de Chicago na posse de centenas de cópias de filmes. Este indivíduo recebia cerca de 60 cópias por ano de Carmine Carini, actor que indicámos dias atrás como suspeito de fornecer as suas cópias para serem pirateadas. Esta ligação já durava há 3 anos mas só quando as cópias começaram a ser marcadas e que puderam localizar a sua origem.
Enquanto que o actor poderá ser expulso da Academia e perder os privilégios, assim como ser acusado de cumplicidade de violação de copyright, o pirata poderá ter de pagar quinhentos mil dólares e até oito anos de cadeia.
Alguns dos filmes encontrados na casa foram "Mystic River", "The Last Samurai", "Master and Commander: The Far Side of the World", "Thirteen", "Calendar Girls", "Something Gotta Give", "X-Men 2" e "Cold Mountain".
Apesar de alguns dos filmes serem em VHS foi utilizado um programa para os converter, Copy Guard Breaker, o que facilitou a sua propagação. o autor do crime confessou fazer um máximo de 6 cópias de cada filme e apenas para família e amigos, o que é certo é que elas no fim apareciam na Internet.

Premiados de Sundance



O Festival de Sundance, que começou dia 15 de Janeiro e termina hoje, e que decorre todos os anos no estado de Utah, já divulgou os premiados. Assim, o Documentary Grand Jury Prize foi atribuído a "DiG", escrito e realizado por Ondi Timoner, enquanto que "Primer", escrito, realizado e interpretado por Shane Carruth venceu o Dramatic Grand Jury Prize. "Born into Brothels", de Zana Briski e Ross Kauffman venceu o Documentary Audience Award, enquanto que "Maria Full of Grace", de Joshua Marston ganhou o Dramatic Audience Award. Aqui fica a restante lista:


World Cinema Dramatic Audience Award
"SEDUCING DOCTOR LEWIS"

World Cinema Documentary Audience Award
"THE CORPORATION"

Documentary Directing Award
MORGAN SPURLOCK por "Super Size Me"

Dramatic Directing Award
DEBRA GRANIK por "Down To The Bone"

Excellence in Cinematography Award
Documentary Competition - FERNE PEARLSTEIN por "Imelda"
Dramatic Competition - NANCY SHREIBER por "November"

Freedom of Expression Award
"REPATRIATION" de Kim Dong-won

Waldo Salt Screenwriting Award
LARRY GROSS por "We Don't Live Here Anymore"

2004 Sundance Online Film Festival Viewers Awards
"BATHTIME IN CLERKENWELL" - animação
"WET DREAMS FALSE IMAGES" - curta
"MEMOIR OF A TEXAS UPBRINGING" - new forms gallery

24 de janeiro de 2004

Programa MediaDesk


Foram anunciados os projectos que terão apoios europeus para a sua produção, serão 6 documentários de Argélia, Espanha, Itália, Líbano, Malta e Turquia e 6 obras de ficção de Chipre, França, Grécia, Israel, Itália e Marrocos. Havia mais de 100 candidatos para cada uma das duas categorias. Este projecto tem ajudado ao longo dos últimos anos a indústria do audiovisual na Europa e Mediterrâneo.

Breves


O trailer da segunda parte de "Kill Bill" já está disponível. Basta clicar aqui.



O novo poster de "Scooby Doo 2: Monster Unleashed" já está disponível. Aqui fica uma segunda versão de um filme a estrear a 26 de Março, nos EUA.



Susan Sarandon e Robin Williams irão contracenar em "The Conspirator", filme baseado na obra de James L. Swanson intitulada Manhunt: The Twelve Day Chase for Lincoln's Killers.




Depois de vencer o Grande Prémio do Cinanima 2003, a fantástica animação "Harvey Krumpet", de Adam Elliot, venceu o Prémio para Melhor Animação no 13º FLiCKERFEST - Festival Internacional de Curtas, que decorreu este mês na Austrália. Na foto, o realizador com a directora do festival, Bronwyn Kidd.


22 de janeiro de 2004

Mais notícias Fantas



Já falei do Fantas por Portugal agora é hora de falar de Portugal pelo Fantas. Entre os filmes desta edição estão 5 filmes nacionais em competição, uma única longa-metragem, "Herói" de Zezé Gamboa e quatro curtas, "O Último dos Sonhos", "Hoje foi Amanhã", "O Desalmado" e "I'll See You in My Dreams".

Enquanto a longa está em competição na Semana dos Realizadores as curtas estão em competição com outras 11 na Secção Oficial de Curtas-metragens Fantásticas. Como não poderia deixar de ser ainda haverá a clássica secção Panorama do Cinema Português que integra os seguintes filmes:

  • Longas metragens:
    "Desobediência"
    "A Selva"
    "Preto e Branco"
    "Xavier"

  • Curtas metragens:
    "Guitarra com Gente Lá Dentro" de­ Edgar Pera
    "Uma Comédia Infeliz" de Artur Serra Araújo
    "10 e 3/4" de André F. Martins
    "Subversões" de César Martins
    "Summer" de José Pinheiro
    "Tempo Suspenso" de­ Rodrigo Areias
    "Metamorphosis" de David Cabral
    "Serial Killer" de­ João Meneses
    "A Ferida" de Margarida Leitão
    "O Círculo Mágico" de­ Pedro dos Santos
    "La Cucaracha" de vários
    "(In)sanidade" de­ Luis Araújo
    "Hush!" de­ Luciano Manso
    "Zé o Pinguim" de Francisco Lança
    "O Paciente" Pedro Brito
    "Um Caso Bicudo" de Rui Sousa
    "A Fantasista" de André Ruivo
    "Voragem" de Rui Cardoso
    "Dies Irae" de­ João Morais
    "O Desalmado" de Afonso Cruz
    "A Morte do Cinema", "2Lux" e "Índios da Meia Praia" de­ Pedro Sena Nunes
    "A Curta Mais longa" (documentário sobre "I'll See You In My Dreams")
  • Um pouco de magia Fantas



    É certo que Fevereiro é sinónimo de Fantasporto e todos os fãs do Festival se dirigem para o Porto mas durante este mês de Fevereiro alguns cine-clubes no resto do país exibirão filmes Fantas. Neste momento já está tudo acertado para Oliveira de Azeméis, no Cine-teatro Caracas. Os filmes serão exibidos às quintas-feiras, a programação anunciada pela Câmara de Oliveira de Azeméis é a seguinte:
    Dia 5 "The Price of Milk"
    Dia 12 "O Escorpião Escarlate"
    Dia 19 "Pourquoi se Marrier le Jou de le Fin du Monde"
    Dia 26 "Meet the Feebles"

    À medida que mais cine-clubes adiram a esta iniciativa serão anunciados.

    Hoje pode ver


    Título Original: "Lost in Translation" (EUA / Japão, 2003)
    Realizador: Sofia Coppola
    Intérpretes: Scarlett Johansson, Bill Murray e Akiko Takeshita
    Argumento: Sofia Coppola
    Fotografia: Lance Acord
    Música: Brian Reitzell e Kevin Shields
    Género: Drama / Comédia
    Duração: 102 min
    Trailer: n/d
    Sítio oficial: http://www.lost-in-translation.com



    Título Original: "S.W.A.T." (EUA, 2003)
    Realizador: Clark Johnson
    Intérpretes: Samuel L. Jackson, Colin Farrell e Michelle Rodriguez
    Argumento: Robert Hamner e Ron Mita
    Fotografia: Gabriel Beristain
    Música: Elliot Goldenthal
    Género: Acção / Thriller
    Duração: 117 min
    Trailer: Trailer IMDB
    Sítio oficial: http://www.sonypictures.com/homevideo/s.w.a.t./index.html



    Título Original: "Father and Son" (Rússia, 2003)
    Realizador: Aleksandr Sokurov
    Intérpretes: Andrei Shchetinin, Aleksei Nejmyshev e Aleksandr Razbash
    Argumento: Sergei Potepalov
    Fotografia: Aleksandr Burov
    Música: n/d
    Género: Drama
    Duração: 117 min
    Trailer: Trailer
    Sítio oficial: http://www.atalantafilmes.pt/2004/paiefilho



    Título Original: "Bug" (EUA, 2002)
    Realizador: Phil Hay e Matt Manfredi
    Intérpretes: John Carroll Lynch, Brian Cox e Jamie Kennedy
    Argumento: Matt Manfredi
    Fotografia: Scott Kevan
    Música: Theodore Shapiro
    Género: Comédia
    Duração: 86 min
    Trailer: Trailer IMDB
    Sítio oficial: n/d



    Título Original: "Être et avoir" (França, 2002)
    Realizador: Nicolas Philibert
    Intérpretes: Vários
    Argumento: n/d
    Fotografia: Nicolas Philibert, Hugues Gemignani, Katell Djian e Laurent Didier
    Música: Philippe Hersant
    Género: Documentário
    Duração: 104 min
    Trailer: n/d
    Sítio oficial: http://chipsquaw.free.fr/etreetavoir/index.html



    Título Original: "Cosa de brujas" (Espanha, 2003)
    Realizador: José Miguel Juárez
    Intérpretes: José Sancho, Manuela Arcuri e Antonio Hortelano
    Argumento: Amalio Cuevas e Agustín Póveda
    Fotografia: José David Gonzalo
    Música: Mario de Benito
    Género: Comédia / Terror / Acção
    Duração: 102 min
    Trailer: n/d
    Sítio oficial: n/d


    21 de janeiro de 2004

    Para os amantes de cinema espanhol


    Há cerca de três anos Angel Comas publicou um dicionário do cinema catalão, esta segunda-feira foi lançada em Barcelona uma nova edição, mais completa e actualizada com o nome "Diccionario de largometrajes: el cine catalán después del franquismo (1975-2003)" que é uma análise a 795 longas metragens realizadas ou produzidas por catalães que tiveram estreias nas salas. O Dicionário consiste em 304 páginas com a ficha técnica dos filmes e um pequeno comentário do autor sobre a história. Este livro foi editado pela Cossetània Ediciones, e teve o apoio de Ventura Pons e da Filmoteca da Catalunha, foram publicados apenas 1200 volumes.

    Breves Marvel


  • Sean Astin realizador?
    O cada vez mais célebre actor Sean Astin, famoso na infância pelo protagonismo em "The Goonies" e agora aos trinta anos pelo papel como Sam na trilogia "The Lord of the Rings" é um forte candidato a realizar o filme "Fantastic Four" da Marvel. Sendo George Clooney quase certo como Reed Richards, o "flexível" líder do Quarteto, talvez a candidatura de Soderbergh seja apoiada pela estrela mas Sean Astin mostra-se confiante. O orçamento para o filme está na região dos 100-130 milhões de dólares.


  • 2 vezes Selma Blair
    A actriz de "Cruel Intentions" e "The Sweetest Thing" que vai aparecer em "Hellboy", um filme no género de "Blade" (também dirigido por Guillermo Del Toro como o segundo filme sobre essa personagem), como Liz Sherman é indicada como uma forte candidata para interpretar Lois Lane em "Super-Man", papel para o qual já foi sugerido o nome de Natalie Portman.
  • Mais um pequeno passo



    O cinema português permanece estagnado mas Manoel de Oliveira não pára, conseguiu novamente apoio francês para a sua próxima obra, "O Quinto Império", baseada na peça de teatro "El-Rei Sebastião" de José Régio. Apesar de o filme estar fortemente ligado à cultura portuguesa e o dossier apresentado estar um pouco incompleto, o ministro francês da Cultura, Jean-Jacques Aillagon, devido ao elevado prestígio do realizador decidiu apoiar o filme com 75 mil euros. Uma pequena parte pois o orçamento total é de dois milhões.

    20 de janeiro de 2004

    Óptima estreia de uma comédia

    "Along Came Polly" lidera boxoffice


    A comédia "Along Came Polly", de John Hamburg, com Ben Stiler, Jennifer Aniston, Alec Baldwin e Philip Seymour Hoffman, superou as expectativas e obteve o primeiro lugar na boxoffice norte-americana deste fim de semana, arrecadando 27,6 milhões de dólares. "Torque", primeiro trabalho de Joseph Kahn, foi a segunda estreia da semana com entrada nos 10+, quedando-se pela terceira posição, com 10.3 milhões de dólares. Confiram a tabela:


    Boxoffice 10+
    1. "Along Came Polly" 27.6
    2. "Big Fish" 10.4
    3. "Torque" 10.3
    4. "Return of the King" 10.2
    5. "Cheaper by the Dozen" 8.8
    6. "Cold Mountain" 7.0
    7. "Something's Gotta Give" 6.0
    8. "My Baby's Daddy" 3.7
    9. "The Last Samurai" 3.12
    10. "Calendar Girls" 3.1
    Fim de semana de 16 a 18 de Janeiro; números em milhões de dólares.


    Spiderman is arriving


    A segunda parte de "Spiderman" aproxima-se a passos largos (estreia a 9 de Julho em Portugal) e para abrir o apetite nada melhor do que ver quatro fotos já divulgadas. Aqui fica o registo de quatro momentos da luta entre spiderman e o maléfico Dr. Octupus:






    Trailers


    Recentemente mostrámos os cartazes, agora indicamos onde estão os trailers destes filmes.
    Starsky & Hutch
    Mindhunters

    Agradecimento aos nossos leitores


    O Antestreia atingiu ontem a incrível marca das dez mil visitas. Por esse facto queremos agradecer, aos leitores que nos visitam diariamente, a sua fidelidade. Esperamos manter o bom trabalho e em todas as medidas possíveis melhorar o serviço prestado.

    19 de janeiro de 2004

    Apresentação Fantasporto 2004




    O Antestreia esteve hoje na conferência de imprensa de apresentação do Fantasporto 2004, e aproveita para fazer alguns destaques. A decorrer entre 16 de Fevereiro e 1 de Março, a 24ª Edição do Fantasporto, que esteve para não se realizar, apresenta-se novamente sob o espectro da crise e dos problemas financeiros. Segundo Mário Dorminsky, director do festival, a edição deste ano só pode acontecer graças ao patrocínio da Super Bock, visto que os apoios institucionais continuam, e muito, a escassear.
    Mas vamos aos filmes. E na linha do que aconteceu o ano passado, 2004 trará um óptimo cartaz recheado de apetecíveis produções, e para destacar algumas nada melhor do que começar pelos filmes de abertura e de encerramento. "Northfork", de Michael Polish irá abrir oficialmente o certame, um filme que promete, quer porque foi muito bem recebido pela crítica norte-americana da especialidade, quer porque conta no elenco com nomes como James Woods, Nick Nolte, Claire Forlani, Peter Coyote e Daryl Hannah. "The Cooler", de Wayne Kramer encerrará com chave de ouro o Fantas. O fantástico William H. Macy, Alec Bladwin, este nomeado para um Golden Globe para Melhor Actor Secundário e vencedor nesta mesma categoria pela National Board of Review por este filme, e Maria Bello, também nomeada para um Golden Globe por este filme na categoria de Melhor Actriz Secundária fazem parte deste elenco de luxo num filme que concerteza dará que falar nos corredores do Rivoli. Nada como perder um pouco de tempo aqui para conhecer melhor a película.
    Mas não só estes dois filmes estarão em destaque no Fantas04. O documental "Tanding In The Shadows of Motown", o muito esperado "I'm Not Scared", de Gabriele Salvatores, enquanto que na Secção Oficial Cinema Fantástico estarão tão só nomes com Marcus Niespel, Eli Roth, Julian Richards, Rob Zombie e Brian Yuzna, por "The Texas Chainsaw Massacre", "Cabin Fever", "The Last Horror Movie" e "House Of 1000 Corpses", respectivamente, entre muitas outras propostas realmente tentadoras. Na Semana dos Realizadores, filmes como "O Herói", do português Zé Zé Gamboa, "800 Balas" do espanhol Alex de la Iglesia ou "Enquete Sur Le Monde Invisible" são marcas de qualidade de um festival realmente imperdível. Nas já habituais retrospectivas, só dois nomes bastam para se entender a dimensão do certame deste ano: Lucio Fulci, meste italiano do gore e o conhecidíssimo Boris Karloff. A decorrer no Rivoli - Teatro Municipal a partir de dia 16 de Fevereiro e nos cinemas AMC a partir de dia 20, até 1 de Março. A não perder, com a promessa de notícias regulares e actualizadas sobre o festival. Para mais informações, visitem o sítio oficial Fantasporto.


    18 de janeiro de 2004

    Breve



    O remake de "The 39 Steps" (1935), uma das melhores obras de Hitchcook, terá argumento de Robert Towne, argumentista que ganhou fama com "Chinatown" e diversos filmes de Warren Beatty como "Shampoo", "Heaven Can Wait" e "Bonnie & Clyde", ainda escreveu os episódios de "The Man From U.N.C.L.E." uma série que satirizava a espionagem, género que foi seguido pela série "Get Smart" que surgiu no ano seguinte. Recentemente Robert Towne escreveu os dois argumentos dos populares "Mission: Impossible" assim como o do terceiro filme que será rodado no próximo ano.

    17 de janeiro de 2004

    Grande começo para Berlim




    Já foi anunciado o filme que vai abrir o festival de Berlim, será o muito aguardado épico de Anthony Minghella, "Cold Mountain". Este filme que conta com um elenco de luxo (Nicole Kidman, Jude Law, Renée Zellweger, Donald Sutherland e Philip Seymor Hoffman) tem sido falado para arrebatar algumas estatuetas nos Oscars e ainda se mantém na quarta posição da boxoffice americana atrás de "The Return of the King", "Big Fish" e "Cheaper By the Dozen".
    Voltando às novidades alemãs, já foram seleccionados 18 filmes (12 estreias mundiais) e até final do mês será divulgada a lista dos 26 filmes a exibir, além de "Cold Mountain" outro dos filmes fora de competição é a mais recente comédia romântica de Nancy Meyers, "Something's Gotta Give". Outro dos grandes títulos do festival é sem dúvida "Monster" que tem atribuído a Charlize Theron vários troféus de melhor actriz.
    O festival decorre de 5 a 15 de Fevereiro, lembramos que logo a seguir, no dia 16, o Teatro Rivoli começa a aquecer as máquinas e exibe filmes Fantasporto, a semana competitiva começa dia 20.

    Popeye faz 75 anos



    Foi no dia 17 de Janeiro de 1929 que surgiu numa popular tira de banda desenhada uma nova personagem, era baixo, feio, zarolho e careca e os seus bíceps desproporcionais só se tornavam úteis quando usava uma galinha mágica. Pouco depois os espinafres substituiram a galinha e Ham Gravy, o protagonista original da banda desenhada, perdeu a importância e a noiva, Olive Oyl, para o novo herói da série, Popeye. Depois dessa mudança as personagens iniciais foram sendo gradualmente substituídas por novas e apenas Olive ainda é conhecida do público em geral. Em 1933 foram feitos desenhos animados e finalmente em 1980 o herói dos espinafres passou para o grande ecrã, pelas mãos de Robert Altman.

    16 de janeiro de 2004

    Mais cópias detectadas



    Foram detectadas mais cópias piratas de screeners dos candidatos aos Oscares. Entre os filmes detectados estão "Cold Mountain" e "The House of Sand and Fog", dois dos mais fortes candidatos aos principais troféus da Academia. O mais grave quanto à cópia VHS de "The House of Sand and Fog" foi que foi identificada como a pertencente a Ivan Kruglak, o vencedor dum Oscar há seis anos.
    Outros filmes que também estão a ser bastante divulgados ilicitamente mas ainda não se falou são aqueles que tornam Sean Penn o mais forte candidato ao Oscar de melhor actor, "Mystic River" e "21 Grams".

    15 de janeiro de 2004

    4 novos posters





    "Cold Creek Manor" por Ricardo Clara





    Com uma vida muito agitada em Nova Iorque, a família Tilson decide comprar uma enorme propriedade - a Mansão de Cold Creek - numa pequena localidade rural e mudar-se para lá. À medida que se inicia a remodelação da casa, Cooper Tilson (Dennis Quaid) descobre milhares de documentos, de fotografias a filmes, que retratam a vida da anterior família que por ali passou. Mas há um segredo bem escondido naquela casa, e quando Dale Massie (Stephen Dorff), o antigo proprietário da casa volta, incidentes muito estranhos começam a acontecer.
    "Cold Creek Manor" chega-nos pela mão de Mike Figgis ("Leaving Las Vegas" - 1995), e volta a trazer ao grande ecran
    Dennis Quaid e Sharon Stone, esta no papel de mulher de Quaid, Leah Tilson. Quando começam a remexer no passado da mansão que compraram, começam a descobrir que algo de macabro se terá passado naquela propriedade. De facto, onde antes tinha vivido uma família muito similar aos novos residentes (pelas fotografias ficamos a saber que antes um jovem casal com dois filhos havia habitado a mansão), deparamo-nos com uma propriedade vetada ao abandono, e com o desaparecimento dos filhos e da mulher de Dale. Inicialmente esteve para se intitular "The Devil's Throat", este pseudo filme de terror é um grande engodo. Para começar o trailer: quem o veja é capaz de jurar que se trata de um tradicional filme de terror sobre uma casa que comporta seres sobrenaturais, e tudo a que temos direito neste tipo de filmes. Grande erro. Pensamos que vamos ver um bom argumento, pela mão de Richard Jefferies. Grande erro. Pensamos que temos um bom regresso de Sharon Stone e de Dennis Quaid ao cinema. Enorme erro. E por fim, se pensamos que temos um bom filme, estamos redondamente enganados. Não, o filme não é de terror, é um projecto de thriller, com uma história inverosímel e um cliché de 118 minutos. Tudo o que podemos ver já foi feito. E quando assim é... As personagens são sim fantasmagóricas, porque muito mal criadas e algumas positivamente desnecessárias (se alguém me explicar como é que é possíve colocar Juliette Lewis (aqui no papel de Ruby, namorada de Dale Masse) com um simples papel de empregada de mesa que não tem relevância nenhuma no desenrolar da história...), bem como uma narrativa cheia de buracos e de situações absurdas. E sair de uma sala de cinema com a sensação de não ter aprendido nada... é mau sinal.


    Título Original: "Cold Creek Manor" (EUA, 2003)
    Realizador: Mike Figgis
    Intérpretes: Dennis Quaid, Sharon Stone e Stephen Dorff
    Argumento: Richard Jefferies
    Fotografia: Declan Quinn
    Música: Mike Figgis
    Género: Drama / Thriller
    Duração: 118 min
    Trailer: Trailer IMDB
    Sítio oficial: http://coldcreekmanor.movies.go.com

    Hoje pode ver


    Título Original: "Cold Creek Manor" (EUA, 2003)
    Realizador: Mike Figgis
    Intérpretes: Dennis Quaid, Sharon Stone e Stephen Dorff
    Argumento: Richard Jefferies
    Fotografia: Declan Quinn
    Música: Mike Figgis
    Género: Drama / Thriller
    Duração: 118 min
    Trailer: Trailer IMDB
    Sítio oficial: http://coldcreekmanor.movies.go.com



    Título Original: "Underworld" (EUA / Alemanha / Hungria / Reino Unido, 2003)
    Realizador: Len Wiseman
    Intérpretes: Kate Beckinsale, Scott Speedman e Michael Sheen
    Argumento: Len Wiseman e Kevin Grevioux
    Fotografia: Tony Pierce-Roberts
    Música: Paul Haslinger
    Género:Acção / Fantasia / Terror
    Duração: 121 min
    Trailer: Trailer IMDB
    Sítio oficial: http://www.sonypictures.com/homevideo/underworld/



    Título Original: "In the Cut" (EUA / Austrália / Reino Unido, 2003)
    Realizador: Jane Campion
    Intérpretes: Meg Ryan, Mark Ruffalo e Jennifer Jason Leigh
    Argumento: Jane Campion e Susanna Moore
    Fotografia: Dion Beebe
    Música: Hilmar Örn Hilmarsson
    Género:Mistério / Thriller / Crime
    Duração: 119 min
    Trailer: Trailer IMDB
    Sítio oficial: n/d



    Título Original: "Thirteen" (EUA / Reino Unido, 2003)
    Realizador: Catherine Hardwicke
    Intérpretes: Evan Rachel Wood, Nikki Reed e Holly Hunter
    Argumento: Catherine Hardwicke e Nikki Reed
    Fotografia: Elliot Davis
    Música: Mark Mothersbaugh
    Género:Drama
    Duração: 100 min
    Trailer: Trailer IMDB
    Sítio oficial: http://www2.foxsearchlight.com/thirteen



    Título Original: "How to Kill Your Neighbor's Dog" (EUA / Alemanha, 2000)
    Realizador: Michael Kalesniko
    Intérpretes: Kenneth Branagh, Robin Wright Penn e Jared Harris
    Argumento: Michael Kalesniko
    Fotografia: Hubert Taczanowski
    Música: David Robbins
    Género:Drama / Comédia
    Duração: 107 min
    Trailer: n/d
    Sítio oficial: http://www.neighborsdog.com/



    Título Original: "Choses secrètes" (França, 2002)
    Realizador: Jean-Claude Brisseau
    Intérpretes: Coralie Revel, Sabrina Seyvecou e Roger Mirmont
    Argumento: Jean-Claude Brisseau
    Fotografia: Wilfrid Sempé
    Música: Julien Civange
    Género:Drama / Terror / Fantasia
    Duração: 115 min
    Trailer: n/d
    Sítio oficial: http://www.firstrunfeatures.com/cs_secretthings.html


    14 de janeiro de 2004

    Por onde é que anda...


    A partir de hoje, e periodicamente, publicarei aqui uma crónica intitulada Por onde é que anda..., e deitará luz sobre alguns intervenientes da sétima arte, informando sobre os projectos e sobre o futuro. Hoje, Steve Spielberg.


    Por onde é que anda...


    Steven Spielberg



    Nascido a 18 de Dezembro de 1946, em Cincinnati, Ohio, EUA, Steven Allan Spielberg, já galardoado com 2 Óscares para Melhor Realizador, por "Schindler's List" em 1993 e por "Saving Private Ryan" em 1998, dirigiu "Catch Me If You Can" em 2002 e desde então não apresentou mais nenhuma obra. Onde anda então o Sr. "Indiana Jones", "Minority Report" ou "E.T."? Actualmente encontra-se a terminar de rodar "The Terminal", um drama com Tom Hanks, Catherine Zeta-Jones e Diego Luna nos principais papéis. Conta a história de um imigrante europeu (Hanks), que no preciso momento em que aterra em Nova Iorque vê o seu país desaparecer do mapa, fruto de uma guerra civil. Só, e com o passaporte ilegal, bem como a papelada de imigrante, fica impedido de abandonar o aeroporto e monta residência no próprio terminal, vivendo inúmeras peripécias, fazendo amizades e apaixonando-se por uma hospedeira de bordo... O filme deverá estrear a 18 de Junho de 2004, nos EUA. Spielberg encontra-se igualmente a preparar a quarta parte de "Indiana Jones", onde irá dirigir novamente Harrison Ford no papel do Dr. Henry Jones, num filme que poderá ser visto nos EUA a partir de 1 de Julho de 2005.
    Já foi anunciado o remake de "The Secret Life of Walter Mitty", uma comédia que integrará no elenco Jim Carrey, que fará o papel de Walter Mitty. A versão original foi realizada por Norman Z. McLeod.
    Também produtor, Spielberg tem entre mãos quatro projectos: o já referido "The Terminal"; "Jurassic Park IV", que será realizado por Kathleen Kennedy, naquela que será a sua primeira obra; "The Talisman", um filme de acção a ser realizado por Vadim Perelman (o mesmo de "House of Sand and Fog" - 2003), baseado numa obra de Stephen King. A última obra onde Steven Spielberg tem centrada a sua atenção é numa mini-série para televisão, com Bruce C. McKenna a escrever o guião, intitulada "Untitled World War II Pacific Theater Project", projecto dirigido pelos autores da premiada série "Band of Brothers", e que narrará as intensas batalhas que decorreram contra os Japoneses no Pacífico, aquando da Segunda Grande Guerra. Muito podemos então esperar deste realizador que tanto contribuiu para povoar o imaginário dos cinéfilos de todo o mundo.