28 de dezembro de 2009

"Butterfly on a Wheel" por Nuno Reis



Em muitos países estabilidade significa paz. Nos afastados da realidade da guerra são mais exigentes e juntam-lhe a necessidade de ter emprego, família e uma conta bancária recheada. Pequenas e grandes coisas que podemos controlar e nos fazem sentir bem ao longo da vida.

Neil e Abby têm uma vida quase perfeita. A ele tudo no trabalho corre bem: lida com os melhores clientes, é adorado pelo patrão e está na eminência de se tornar sócio. Ela tem andado por casa com a adorável filha, mas tenciona voltar brevemente à fotografia. Quando se preparavam para sair e celebrar a dois o aniversário de Abby são raptados por um estranho. A filha refém é razão suficiente para se sujeitarem a tudo o que ele lhes pede. Este sociopata pode ser louco, mas tem tudo planeado para lhes destruir não apenas a vida no presente, mas os alicerces de qualquer futuro. Só que o homem também tem segredos que não quer ver revelados. Conseguirão Neil e Abby cumprir todos os seus desejos? Conseguirão inverter a situação? Conseguirão sobreviver?

A ideia-base do filme é simples e baseia na premissa que será visto com o coração nas mãos. Há duas formas de ver o filme. Com razão ou com emoção. Vendo com emoção o choque e a adrenalina toldam o raciocínio, os eventos sucedem-se e não sobra tempo para pensar. Fica-se na situação das personagens e decerto muitos pais verão identificando-se automaticamente com elas. Quando se trata da segurança das crianças nada mais importa. Vendo com razão e mantendo a serenidade pode-se reflectir em tempo real, enquanto as cenas aceleradas se desenrolam. Pode-se até descobrir o cérebro que arquitectou todo o plano.

"Butterfly on a Wheel", ou "Shattered" como é conhecido em alguns circuitos, tem o mérito de fazer muito com pouco. Desenvolve uma grande trama, um plano muito elaborado, que no final revela ser menos do que parecia. Também é uma oportunidade para rever Pierce Brosnan e Maria Bello que têm andado afastados do cinema por cá estreado. É pena que para isso tenha sido desenterrado um filme com dois anos. Não é memorável, mas proporciona uns bons momentos.

Título Original: "Butterfly on a Wheel" (Canadá, Reino Unido, 2007)
Realização: Mike Barker
Argumento: William Morrissey
Intérpretes: Gerard Butler, Maria Bello, Pierce Brosnan
Fotografia: Ashley Rowe
Música: Robert Duncan
Género: Crime, Drama, Thriller
Duração: 95 min.
Sítio Oficial: http://www.iconmovies.net/butterfly/

Sem comentários: