10 de janeiro de 2010

Where are the Wild Things?

A pergunta na boca de toda a gente é where the wild things are? Aqui dou a resposta.

"Wild Things" é um filme de 1998 que ficou famoso pela polémica. Um thriller com forte tensão sexual que teve direito a "sequelas" - decalcadas do original - e tinha no elenco Matt Dillon, Denise Richards, Neve Campbell e Kevin Bacon. Quem eram eles na altura e onde estão agora? Vamos ver.


Matt Dillon
Em 1998 era já conhecido no meio cinematográfico. Actor favorito de Coppolla tinha filmado com ele "Rumble Fish" e "The Outsiders". Entre os outros grandes realizadores com quem trabalhou encontram-se Gerry Marshall ("The Flamingo Kid"), Gus Van Sant ("Drugstore Cowboy" e "To Die For"), Cameron Crowe ("Singles") e Anthony Minghella ("Mr. Wonderful").
No mesmo ano de "Wild Things" foi uma das estrelas em "There's Something About Mary" e desde então ainda protagonizou "One Night at McCool's" e "Crash", todos os papéis com uma forte componente sexual. Mais recentemente só conseguimos vê-lo em "Herbie Fully Loaded", "You, Me and Dupree" e, já em 2009, em "Nothing But the Truth" e "Old Dogs".
"Crash" valeu-lhe uma nomeação para os principais prémios do cinema, incluindo Oscar, Golden Globe e BAFTA. Está na mó de cima e não sairá de lá tão cedo.


Neve Campbell
Começou a trabalhar em 1991 e saltou para a ribalta em 94 com um papel na série "Party of Five". Em 1996 abarcou o fantástico com "The Craft" e o primeiro capítulo da trilogia "Scream".
Após "Wild Things" fez "Three to Tango", "Drowning Mona". Em 2000 tinha acabado a série, a trilogia e a carreira abrandou. Também abraçou a carreira de argumentista e produtora com "The Company" que Robert Altman realizou.
Recentemente vimo-la em "Reefer Madness" e em "Closing the Ring". Este ano com o regresso da trilogia "Scream" será o foco dos holofotes.


Denise Richards
Teve uma carreira preenchida de pequenos papéis como actriz convidada nas principais séries dos anos 90: "Life Goes On", "Saved By the Bell", "Doogie Howser, M.D.", "Beverly Hills, 90210", "Seinfeld", "Lois & Clark", "Melrose Place", poucas lhe faltaram. E em 1997 foi a única razão para se ver "Starship Troopers".
Parece que a sua sensualidade em "Wild Things" foi apreciada. No ano seguinte foi uma miss em "Drop Dead Gorgeous" e uma bondgirl em "The World Is Not Enough". Depois quase desapareceu de cena, tendo feito uma excepção para interpretar a mulher Charlie Sheen em "Scary Movie 3" no mesmo ano em que fez parte do super-elenco de "Love Actually". Tudo o mais foram pequenos papéis em séries e um ou outro papel principal num filme pouco falado.

E finalmente temos Kevin Bacon, mas dele há tanto a dizer que merece um post em separado.

1 comentário:

naovouporai disse...

Concordo, sobre o Kevin Bacon há mesmo muito para se dizer :)