1 de junho de 2010

Férias sem cinema - parte I

Após alguns anos em que fazia férias do trabalho para ver cinema e férias do cinema para ver trabalho, chegou a hora de fazer férias sem trabalho e sem cinema.
Estou há uma semana na Áustria passeando por diversas localidades com um GPS para me manter afastado pelo menos 500 metros das salas de cinema.

O primeiro destino foi Salzburgo e vi logo que ia ser difícil. Aqui há uma celebridade chamada Amadeus que tem casas, museus, universidades e coloca violinos em tudo o que é merchandising. Tirando as vacas e Mozart só há mais uma referência local nos produtos vendidos. Essa é o único evento que eles conhecem do século XX: a filmagem de "The Sound of Music" na sua cidade. Visitas turísticas de meio dia pelos locais das filmagens (descontos superiores a 10% se marcarem pelo hotel), password soundofmusic nas redes wifi, calendários, posters, os Von Trapp estão em todo o lado.
As paisagens merecem ser vistas, dentro ou fora do contexto do filme. Mas não venham a esta cidade sem ver o filme na véspera ou mesmo na viagem para cá.

Como não os posso vencer, junto-me a eles.


Diariamente mostrarei mais alguns dos acasos cinematográficos que me perseguem nesta viagem.

Sem comentários: