25 de outubro de 2010

Um caso de insucesso

Como falar de blockbusters aguardados, de realizadores aclamados e de estrelas talentosas é o habitual, desta vez trago-vos o filme mais ignorado de 2009. O motivo? Ser mau em todas as componentes.

"Standing Ovation" de Stewart Raffill

Duas bandas femininas competem pelo consagração num concurso musical. Numa era em que a música cada vez tem maior importância na temática dos filmes é frequente sairem histórias do estilo desta. O que não é frequente é terem tão maus resultados...
Este filme estreou em 625 salas. Na primeira semana tinha feito uma média inferior a 600 dólares por sala (imaginem por sessão). Este foi o pior resultado do ano e quinto de sempre para um filme acima das 600 salas e, vá-se lá saber os motivos, quando na semana seguinte só abriu em 76 salas teve a maior quebra percentual de sempre em ecrãs. Na semana seguinte eram 6 salas e desapareceu num instante.
Standing Ovation
Imdb (espreitem votos e média)
Standing OvationStanding Ovation

Mesmo sem o ter visto é fácil descobrir o segredo que usou para falhar. Assim de repente os que me ocorrem são:
  • A história só interessa a miúdinhas
  • Os actores eram todos desconhecidos
  • Este realizador é especialmente conhecido por filmes que roçam o soft porn e por ser um filme infantil não podia despir ninguém
  • Não houve meses de marketing para divulgação do filme e quando estreou a banda sonora não estava nem nas rádios nem nas lojas
  • Mesmo com essas falhas todas estreou a meio de Julho. Tentou competir sem argumentos no periodo em que todos os filmes dão tudo o que têm.

    Fica o registo pelo interesse histórico. Se fizerem um filme lembrem-se deste e pelo menos cometam erros diferentes.
  • Sem comentários: