18 de março de 2011

Um argumento é tão bom quão mau for o seu vilão


Nigel é o vilão de serviço em "Rio" e Carlos Saldanha está convencido que "Um artumento é tão bom quão mau for o seu vilão, e cremos que Nigel é o mais malvado que se conseguiria inventar". Nigel é tão mau que até come frango. Frango!




Sem comentários: