2 de outubro de 2011

Remakes com ironia

Com tanto filme que é feito não admira que se estejam a repetir sem reparar. Agora quando começama repetir personagens começa a ser preciso saber brincar com isso.
Em primeiro lugar estamos a falar de um remake americano para um filme europeu. Foram buscar Baltasar Kormákur à Islândia para refazer em inglês o seu sucesso "Reykjavik-Rotterdam" com estrelas norte-americanas.
Em "Contraband" um ex-contrabandista tem de voltar ao crime para salvar o cunhado que fez asneira num golpe. Quem quiser mais detalhes pode sempre ver o trailer, mas atentem nos detalhes. Ouçam Giovanni Ribisi e lembrem-se do papel que desempenhou em "60 Seconds". Ou Wahlberg a planear um roubo com Coopers. Se mantiverem este sentido de humor (não pode ser só coincidência) no filme acabaram de me convencer.



Por outro lado, quem mais está farto de ouvir o nome de Rooney Mara para todos os remakes? Depois de Nightmare e Millennium também é a escolha ideal para Oldboy? Não há mais nenhuma actriz no mundo que consiga fazer dobragens?

Sem comentários: