24 de fevereiro de 2012

Cursos de escrita

Escrita Criativa


A OFICINA — DESCRIÇÃO
As sessões desenrolam-se em torno de um programa progressivo mas flexível de desenvolvimento das competências genéricas do criativo e das caraterísticas específicas do escritor.
O trabalho centra-se no género narrativo (ficcional), sobretudo no formato de miniconto (flash fiction). Os primeiros exercícios servem para desenferrujar a escrita. Ao longo dos três meses, os exercícios tornam-se progressivamente mais complexos e mais voltados para a estrutura narrativa.

OBJETIVOS GERAIS
Tomar contacto com as técnicas de escrita criativa
Conhecer a escrita e a voz de cada um
Desenvolver capacidades criativas e literárias através do exercício

PARA QUEM É
Escritores de gaveta que queiram mostrar e enriquecer os seus textos
Escritores no ativo (incluindo também publicitários, jornalistas, argumentistas) que pretendam desenvolver técnicas de escrita literária
Escritores preguiçosos que precisem dum empurrãozinho


PARA QUEM NÃO É
Quem queira aprender a escrever sem erros, ou segundo qualquer dos acordos ortográficos (o treino da criatividade na escrita pressupõe um domínio prévio das ferramentas básicas — noções de ortografia, morfologia, sintaxe e pontuação —, que não são matéria desta oficina)
Quem queira aprender noções teóricas de gramática normativa, narratologia ou qualquer outra matéria
Quem precise de saber como fazer relatórios, pareceres, papers ou trabalhos não literários em geral
Quem nunca tenha escrito nada e pretenda terapia ocupacional

Link


Escrita para Atores, Encenadores e Realizadores


Como pensam os guionistas, os argumentistas, os dramaturgos, quando escrevem? Como criam as suas personagens? Como criam histórias com essas personagens? Como criam relações entre elas? O que fazem para dar a entender qual é o passado e a personalidade de uma personagem apenas pelas suas falas, ações e emoções? Como conseguem criar falas que não são reais mas parecem? Como criam frases memoráveis, que ninguém diria mas que são credíveis vindas daquela personagem? Como escolhem o sumo da história, dos diálogos, das emoções, de modo a que não haja nada a mais ou a menos? O que esperam do ator que vai interpretar uma personagem? O que esperam de uma direção de atores?

Escrita para Atores, Encenadores e Realizadores pretende responder a estas perguntas através da análise de textos já escritos e de exercícios de escrita criados com este fim.

Os módulos 1 a 3 incluem análise de guiões e outros textos dramáticos, comparando-os com o produto final, além de uma série de exercícios progressivamente mais complexos.

Destinatários
Escrita para Atores, Encenadores e Realizadores destina-se a atores e futuros atores que sintam que têm um dedo para a escrita; a encenadores, realizadores e diretores de atores; e aos que querem simplesmente conhecer os modos de pensar, e de trabalhar, dessas personagens reais que são os guionistas, argumentistas e dramaturgos.
São também bem-vindas as candidaturas de gente da escrita que nunca pisou um palco, e de estudantes das áreas do cinema, vídeo e teatro.
A seleção dos candidatos determinará a composição do grupo que vai integrar este workshop, procurando aliar a diferença de estilos e abordagens com uma proximidade tão grande quanto possível do nível de interesse e qualidade.

Formadores
O curso é coordenado por Luís Miguel Viterbo, que segue também o decurso dos trabalhos até ao projeto final. Os restantes formadores - Virgílio Almeida, Filipe Homem Fonseca, João Tordo, Possidónio Cachapa e Margarida Fonseca Santos - têm todos extensas provas dadas nas respetivas áreas e experiência de formação.

Informações
MEIOS.COM- Instituto de Comunicação e Multimédia
Campo Grande, 376
1749-024 Lisboa
contacto direto: 96 173 62 69
Tel. 21 751 55 00 | Fax. 21 757 70 06
informacoes@meioscom.pt

Sem comentários: