8 de março de 2013

Amanhã, a noite mais longa do Porto

O Baile dos Vampiros apresenta, este ano, algo especial e inédito: um homem habituado a estar sozinho em palco, com vários ins­trumentos, encarnará todas as suas influências cinematográficas numa sessão de “giradisquis­mo” dos anos 60 aos 70. The Legendary Tiger­man é o alter ego de Paulo Furtado, inspirado no velho formato de “one-man-band “nascido nas margens do Delta do Mississipi. Depois do es­pectáculo de homenagem a “Femina” em que participaram todas as convidadas do álbum (en­tre as quais algumas amigas comuns do Fantas­porto e do Baile dos Vampiros como Asia Ar­gento, Maria de Medeiros e Peaches), o disco que recebeu o galardão de melhor do ano em 2009, leva Legendary Tiger Man a dois Coliseus completamente esgotados.

Até aos dias de hoje, Paulo Furtado tem um importante destaque na imprensa internacional com os dois projectos pelos quais se divide – The Legen­dary Tigerman e Wraygunn – e vive sobretudo no palco com digressões regulares em vários países como Portugal, Espanha, França, Suiça, Alema­nha, Bélgica, Inglaterra, EUA, Japão e Brasil.
O Baile dos Vampiros é o evento temático de máscaras, cocktails e música, assim como a festa oficial de encerramento do Fantasporto, o Festi­val Internacional de Cinema do Porto. É uma ver­dadeira celebração com “dresscode” de persona­gem de cinema, que culmina numa maratona de bandas-sonoras, do anoitecer ao amanhecer. A partir das 23.59h, do dia 9 de Março, no Hard Club, antigo Mercado Ferreira Borges.
Em ano de celebração dos 10 anos de carreira dos X-Wife, João Vieira regressa como Dj Kitten ao palco do Baile dos Vampiros, enquanto agitador da década de 80 e 90. Em finais dos anos 90, Dj Kitten começou a actuar em Londres, cidade onde formou o Club Kitten. Ao regressar a Portugal, revela-se um fenómeno de populari­dade nas pistas de dança, em sintonia com o aparecimento do género musical que mais tarde ficou conhecido como Electro. Partilhou palcos com 2manydjs, Felix da housecat, Boys Noi­ze, Sebastian e actuou em festivais como o Rock in Rio, Paredes de Coura, Sudoeste, Optimus Alive, Vilar de Mouros entre outros. E agora pas­samos do século XX e para o XXI!
WAG vai ser o nosso anfitrião para a música ci­nematográfica de 2000 até aos dias de hoje! WAG a.k.a. Daniel Moreira, fascinado pela nova vaga de artistas que começavam a aparecer em Londres, encontrou na pista de dança a sua vo­cação, sempre com vontade de pôr o público a dançar às suas frequências mais graves. O seu nome difundiu-se rapidamente pelo Underground da Invicta, sendo agora uma aposta séria nas fes­tas de Bass Music.

Sem comentários: