14 de dezembro de 2015

‘Mad Max: Fury Road’ é o filme do ano para a Online Film Critics Society

Mad max Fury Road, Carol, OFCS
Mad Max: Fury Road venceu o prémio de Melhor Filme da Online Film Critics Society (OFCS), neste que é o décimo nono ano da organização.

Protagonizado por Tom Hardy como a personagem do título, acompanhado pela nomeada da OFCS Charlize Theron, Mad Max: Fury Road é sobre um mundo pós-apocalíptico onde a falta de água despoleta conflitos intensos. O filme teve três outros prémios da OFCS, sendo eles Melhor Realizador, Melhor Edição e Melhor Fotografia. A única das cinco nomeações recebidas que não se tornou em prémio foi a de Charlize Theron para Melhor Actriz. Isso porque com três prémios (em seis nomeações), Carol, um drama sobre uma mulher que se apaixona por uma mulher mais velha nos anos 50, levou os troféus de Melhor Actriz (Cate Blanchett), Melhor Actriz Secundária (Rooney Mara) e Melhor Argumento Adaptado.

Outro dos vencedores da edição foi a longa animada da Pixar Inside Out, que venceu a categoria. Os visionários da informática foram os melhores actores pois Michael Fassbender venceu melhor actor principal pela sua personificação de Steve Jobs, e Oscar Isaac venceu como Actor Secundário por Ex Machina. O prémio de Argumento Original foi para Spotlight, sobre os abusos sexuais de menores na Igreja Católica.
The Look of Silence recebeu o prémio de Melhor Documentário e The Assassin, candidato de Taiwan ao Oscar de Língua Não-Inglesa, ganha favoritismo vencendo a categoria nos OFCS.

Como a organização é composta por pessoas de todo o mundo, o grupo também avalia filmes ainda não estreados nos Estados Unidos. Este ano achou por bem destacar Aferim!, Cemetery of Splendor, The Club, Dheepan, The Lobster, Mountains May Depart, Mia Madre, Rams, Right Now, Wrong Then, e The Sunset Song.
A OFCS nomeou o eventual vencedor do Oscar de Melhor Filme em oito dos últimos dez anos; atribuindo a mesma distinção a 12 Years a Slave (2013), The Hurt Locker (2009), No Country for Old Men (2007) e Argo (2012), sendo o primeiro grande grupo de críticos de premiar o filme de Ben Affleck.

“A nossa organização está excitada por reconhecer tantos filmes únicos e interessantes” foram as palavras do Comité da OFCS, John Hanlon, Wesley Lovell e Cole Smithey sobre este ecléctico lote de vencedores.

Fundada em 1997, a Online Film Critics Society é a mais antiga e proeminente associação de críticos online de cinema, e tem 254 membros vindos de 22 países.

Lista completa de vencedores:



Melhor Filme:
Mad Max: Fury Road

Melhor Longa de Animação:
Inside Out

Melhor Filme em Língua Não-Inglesa:
The Assassin (Taiwan)

Melhor Documentário:
The Look of Silence

Melhor Realizador:
George Miller (Mad Max: Fury Road)

Melhor Actor:
Michael Fassbender (Steve Jobs)

Melhor Actriz:
Cate Blanchett (Carol)

Melhor Actor Secundário:
Oscar Isaac (Ex Machina)

Melhor Actriz Secundária:
Rooney Mara (Carol)

Melhor Argumento Original:
Spotlight (Josh Singer, Tom McCarthy)

Melhor Argumento Adaptado:
Carol (Phyllis Nagy)

Melhor Edição:
Mad Max: Fury Road (Margaret Sixel)

Melhor Fotografia:
Mad Max: Fury Road (John Seale)

Filmes não estreados nos EUA(ordem alfabética):
Aferim!
Cemetery of Splendor
The Club
Dheepan
The Lobster
Mountains May Depart
Mia Madre
Rams
Right Now, Wrong Then
The Sunset Song

Sem comentários: