4 de maio de 2010

"The Last Song" por Nuno Reis

Miley Cyrus é um fenómeno à escala global. Como produto das escolas Disney era garantido que tinha sucesso desde que quisesse, e o tempo confirmou que ela queria. Cantora, actriz, sempre fez o que bem lhe apeteceu. Tem dezassete anos, uma carreira pequena e uma conta bancária que faz inveja a 99% das estrelas de Hollywood. Podem ler um pouco mais (mas mesmo pouco) sobre ela no artigo Cantactriz publicado no ano passado. Para começar esse artigo tem uma falha: ela não evita cantar. É essencialmente piano, mas canta ao som do auto-rádio por alguns segundos. A primeira regra do bom negociante é dar ao cliente o que ele quer e metade dos espectadores do filme seriam fãs da Hannah Montana. Para quem não for, não canta o suficiente para irritar.

Se alguém ainda acha que a fama e o dinheiro não são tudo, informo que Nicholas Sparks escreveu o livro para Cyrus, porque pediu à Disney para sair da Hannah Montana com um filme do estilo de "A Walk to Remember". Portanto, os estúdios falaram com o autor desse livro e pediram algo para ela. O argumento ficou feito ainda antes do romance. Entre fãs da candidata a actriz e do escritor, o livro vendeu tão bem que ficou em número um nos tops, descendo para segundo com o lançamento de "The Lost Symbol" de Dan Brown.

Ronnie e Jonah vão passar umas semanas com o pai. Se para Jonah o reencontro é um prazer, para Ronnie é um tormento. Recusa-se a fazer os mesmos horários, a ir aos mesmos sítios, a comer a mesma comida... Até que devido a uns problemas com a lei e com tartarugas começa a ter uma melhor relação com todos. Enquanto Jonah o ajuda a fazer um vitral, Ronnie tenta não ser tão insuportável. Com a melhoria de feitio vai ser mais feliz e vai mudar a vida de todos os que a rodeiam. Para fazer as pazes de vez só falta deixar de ser teimosa e aceitar o convite que lhe foi feito pela Julliard. É apenas para contrariar o pai que não quer o piano como futuro, mas todos sabem que a música lhe está no sangue.

O filme não é tão mau como o pintam. É lamechas, é previsível, é veículo promocional para uma miúda que tem tudo de mão beijada... mas no lugar dela eu fazia o mesmo. A realizadora dá provas da sua inexperiência - muita TV, nenhum cinema - especialmente nas cenas de piano onde parece querer mostrar que não é Miley Cyrus a tocar. Em tudo o resto é um filme vulgar sobre adolescentes e o drama da vida. Dá para fazer chorar alguns, o que com alguma sorte dá para fazer rir os outros (imaginem o meu gozo quando fui vê-lo com duas carpideiras).

Título Original: "The Last Song" (EUA, 2010)
Realização: Julie Anne Robinson
Argumento: Nicholas Sparks, Jeff Van Wie
Intérpretes: Miley Cyrus, Greg Kinnear, Bobby Coleman, Liam Hemsworth, Kelly Preston
Fotografia: John Lindley
Música: Aaron Zigman
Género: Drama, Romance
Duração: 107 min.
Sítio Oficial: http://touchstone.movies.go.com/thelastsong

3 comentários:

Cris =) disse...

Loooooooooooooooooool =D

Eu vou-lhes contar ;)

Nekas disse...

Credo! Viste isto...

Abraço
Cinema as my World

Nuno disse...

Ir ver com 3 meninas sem pagar, como podia recusar?