31 de março de 2010

"Dolan's Cadillac" por Nuno Reis



Não haverá muito escritores mais profícuos do que Stephen King. O Guiness considera-o o autor com mais obras publicadas nos EUA e o mais adaptado para cinema de todo o mundo. Não admira, sabendo que dá a jovens cineastas desconhecidos o direito de adaptarem os seus contos curtos por apenas um dólar. Para os grandes estúdios o negócio é semelhante. Por um dólar conseguem a aprovação dele para começarem, depois ele só tem de aprovar o argumento, o realizador e os actores. E também quer outra coisinha, o poder de dizer a qualquer momento para cancelarem o projecto, independentemente do dinheiro investido.
Há algum tempo que não chegava nada novo do autor às nossas salas. Após uma discreta passagem pelo Fantas aqui temos uma nova adaptação, precisamente de um desses contos curtos que se compra por um dólar.

Elizabeth estava a cavalgar no deserto quando assiste a algo que não devia. Um carregamento de mulheres que não chegaria intacto ao destino é exterminado pelo mafioso local Jimmy Dolan. Ao ser avistada foge a galope, mas pelo caminho deixa cair o telemóvel que permitirá que a identifiquem. É colocada com Robinson, o marido, num programa de protecção de testemunhas, mas os tentáculos de Dolan são enormes e não sobrevive até ao julgamento. Desiludido com a inércia da polícia, raivoso pela viuvez e sem nada mais a perder, Robinson vai iniciar uma vendeta pessoal contra o homem mais perigoso da cidade para o fazer pagar.

Quem espera uma desilusão deste filme vai ficar desapontado. Não é tão mau como poderia ser, nem tão mau como outras adaptações recentes pudessem sugerir. Os actores encaixam no pretendido. A história consegue ter um mínimo de interesse do início ao fim. Os momentos mortos estão bem disfarçados pela montagem. Mas também é verdade que não há momentos de destaque, é só o suficiente para manter a atenção. O final - seria o mais difícil de converter - é uma agradável surpresa pois revela-se o melhor momento do filme. Mérito das interpretações da dupla masculina e do cenário escolhido.
Recomendo para fãs de Stephen King porque já mereciam uma adaptação com um mínimo de qualidade.

Título Original: "Dolan's Cadillac" (EUA, Reino Unido, 2009)
Realização: Jeff Beesley
Argumento: Richard Dooling (livro de Stephen King)
Intérpretes: Wes Bentley, Christian Slater, Emmanuelle Vaugier
Fotografia: Gerald Packer
Música: James Mark Stewart
Género: Crime, Thriller
Duração: 89 min.
Sítio Oficial:

1 comentário:

Tiago Ramos disse...

De facto não é tão mau como podia ser, mas é agradável. Um filme para ver num Sábado à tarde... pena que os actores não estejam muito bem e a construção de personagens seja muito fraca.