31 de agosto de 2005

62ª Edição do Festival de Cinema de Veneza




Heeeeeere's Hollywood!

Começa hoje a 62ª Edição do Festival de Cinema de Veneza, um dos mais conceituados a nível mundial. Este ano, o festival corre sobre o signo das grandes produções norte-americanas que, numa atitude sem precedentes, disponibilizaram uma mão cheia de novas produções para estrearem no certame. "In Her Shoes" de Curtis Hanson (fora de concurso), "Brokeback Mountain" de Ang Lee, e "Goodnight and Good Luck" de George Clooney (ambos em competição), bem como "Corpse Bride" de Tim Burton (o regresso do mágico norte-americano à animação, depois de "O Estranho Mundo de Jack"), "Bubbles" de Steven Soderberg ou "Mary", de Abel Ferrara, em antestreia mundial são inúmeras razões para ser crível que este será um dos melhores festivais de Veneza dos últimos anos.
Quanto ao cinema português, três propostas: João Botelho com "O Fatalista" e Manoel de Oliveira com "Espelho Mágico" integram a Secção Competitiva, enquanto que na secção Corto Cortissimo (que como o nome indica, engloba as curtas-metragens), "A Rapariga da Mão Morta", de Alberto Seixas Santos é o representante português nesta categoria. Numa edição onde o animador nipónico Hayao Miyazaki, autor de obras como "Princess Mononoke" - 1997, "Spirited Away" - 2001 ou "Howl's Moving Castle", irá receber o Leão de Ouro pela sua carreira, a abertura está a cargo de "Seven Swords" de Tsui Hark, logo à noite. O certame prolongar-se-à até 10 de Setembro, altura em que divulgaremos também os premiados.


2 comentários:

Anónimo disse...

Humm... promete!!

Anónimo disse...

Está a ser um grande festival!