7 de novembro de 2011

Fatia duma American Pie: Tara Reid


Tara Reid

Antes

Ter um palmo de cara ajuda a fazer carreira e Reid não se pode queixar do aspecto. Antes de se tornar parte desta lenda já tinha sido rainha em "I Woke Up Early the Day I Died", a famosa Bunny de "The Big Lebowski", e teve papéis menores em "Cruel Intentions" e no slasher "Urban Legend".


Durante

Tem um papel pequeno no primeiro, ainda menor no segundo e não a convidaram para o casamento. No entanto é daquelas mulheres que não se consegue esquecer.


Depois

Entre os dois capítulos em que participa fez parte da banda no desconcertante filme anti-capitalista "Josie and the Pussycats" e fez parte do super elenco feminino de Altman em "Dr. T and the Women". Acabando-se a tarte, mudou-se para a comédia de sucesso que lhe tentou suceder: "Van Wilder". Só ela e Chis Owen (Sherminator) estiveram em ambas. Depois disso teve um papel em "Scrubs".

Se formos às más escolhas, ela entrou no sofrível "My Boss’ Daughter", no melhor dos filmes de Uwe Boll "Alone in the Dark" e em "The Crow 4". Nos últimos cinco anos tem estado mais discreta, mas tornou-se produtora. A sua última produção foi o biopic sobre Danny Greene "Kill the Irishman", e já tinha produzido um documentário sobre o irlandês.

Prémios

Se nomeações para Razzies contarem eles foi nomeada nas categorias de pior actriz principal, pior actriz secundária e pior casal.

Sem comentários: