13 de outubro de 2012

"The Impossible" por António Reis

António Reis em Sitges fala-nos de alguns dos filmes exibidos.


Compreenda-se o drama de Bayona. Depois do sucesso de “El Orfanato” que o colou à marca do género, estava muito condicionado nas opções para um novo projecto. Ou se mantinha fiel ao terror arriscando-se a ficar preso enquanto cineasta, ou preferia trilhar novos caminhos que lhe abrissem a carreira. Em qualquer dos casos era uma jogada arriscada porque as expectativas estavam muito elevadas.
Cinco anos depois “The Impossible” demonstra que Bayona se conseguiu libertar do fantástico, mas manteve uma marca de autor. Quase impossível foi a odisseia desta família que serve de inspiração ao filme. Preparada para umas férias natalícias num idílico resort tailandês, está no sítio errado no momento errado. Um devastador tsunami vai transformar as suas férias num pesadelo. Bayona ficou impressionado ao assistir a um programa televisivo onde era contada esta história e rendeu-se à emoção e ao drama para o seu filme.
Produzido em moldes internacionais com um elenco de topo onde se destacam obviamente Naomi Watts e Ewan McGregor, mas onde o personagem desempenhado pelo jovem Tom Holland o revela como um dos adolescentes prodígio da nova geração. Trinta milhões de euros depois, “The Impossible” justifica o investimento. O seu argumento está ao nível das mais importantes produções mundiais, os efeitos especiais são de imensa qualidade (filmados na falida Cidade da Luz de Valencia) e o realizador na conferência de imprensa não fugiu à questão de que as expectativas para o filme eram elevadas não apenas a nível comercial, mas também na nomeação para os Oscares, sobretudo nas categorias técnicas, mas não só.
Mais uma vez se prova que o fantástico e o terror podem estar na nossa vida quotidiana. Bayona ganhou a aposta, conquistou o público e abriu a porta a uma carreira que a partir de agora terá que ser internacional. Um bom filme que emociona até às lágrimas, sem cair na tentação do exagero dramático.
The ImpossibleTítulo Original: "The Impossible" (Espanha, 2012)
Realização: J. A. Bayona
Argumento: Sergio G. Sánchez
Intérpretes: Naomi Watts, Ewan McGregor, Tom Holland, Geraldine Chaplin
Música: Fernando Velázquez
Fotografia: Óscar Faura
Género: Acção, Drama, Thriller
Duração: 107 min.
Sítio Oficial:

1 comentário:

Os Filmes de Frederico Daniel disse...

O Impossível: 5*

Este filme leva qualquer um às lágrimas, é sem dúvida um dos melhores filmes que já vi.

Cumprimentos, Frederico Daniel.