10 de fevereiro de 2010

Ouija prevê riscos na batalha naval pelo monopólio


Após o sucesso da adaptação de brinquedos como os Transformers (1,2) e os G.I.Joe, a moda de transformar brinquedos em filme passou dos 3D para os 2D: dos bonecos para os jogos de tabuleiro. Por exemplo, a Hasbro negociou quase tudo o que tinha. Aqui fica uma lista:

Battleship


Foi anunciado quem iria fazer a adaptação do Batalha Naval. Como era esperado Peter Berg ("The Kingdom", "Hancock") será o realizador. O argumento virá dos irmãos Erich e Jon Hoeber que já trabalham juntos para "Whiteout" e "Red").
Berg era o favorito para o cargo porque desde pequeno que o pai lhe colocou o bichinho dos barcos. Fosse com visitas a todos os museus marítimos ou longos discursos, o que é certo é que ficou um especialista no tema das batalhas navais, tendo mesmo feito uma tese sobre a batalha do Atol de Midway (1942). Para fazer este filme abdicou do remake de "Dune" por isso ou adora mesmo brincar com os barquinhos, ou pressentiu uma enorme desgraça. Como pode "Dune" não ser melhor do que... isto?
Pelo que se sabe a história rondará uma frota de cinco navios que se vê subitamente envolvida num mortífero confronto naval contra forças inimigas. Pelo que conheço do jogo seria contra outros cinco navios, disparariam às cegas para um tabuleiro quadrado... mas o filme não deve ser assim (esperemos).
A estreia será no fim de Maio de 2012, Memorial Day e uma data onde será seguramente afundado por um qualquer blockbuster a sério.



Monopoly


Quanto a este jogo não há muito a dizer... O argumento seria sobre um homem que adormece a jogar Monopoly e acorda numa cidade Monopoly. A única coisa que se aproveita é que Ridley Scott seria o realizador. Há tempos saiu uma notícia sobre isso, mas é tão louco que não pode ser viável. Felizmente quem foi entrevistado não foi o argumentista, senão seria tal como os jogos de Monopoly: metade desiste antes de ficar interessante.



Outro jogos a darem filmes são:
Ouija Board será adaptado por Adam Horowitz e Richard Jefferies. Os argumentistas de "Tron Legacy" tentarão transformar uma lenda num filme de terror. Este ainda poderá ganhar algo se se aproximar de "Jumanji".

Risk (Risco) com conquistas militares a serem definidas por dados (não sei bem como é porque apesar de o ter em casa, nunca compreendi as regras e fiz as minhas próprias).


Stretch Armstrong é um Homem-Elástico a solo. O filme também chega em 2012 e em 3D. O protagonista será Taylor Lautner. Para realizar falou-se de Ron Howard, mas as dúvidas permanecem.


Também foram vendidos os direitos para adaptar Candyland, mas nunca ouvi falar desse. Aparentemente é uma espécie de Jogo da Glória.


Enquanto não fizerem esta adaptação não me convencem: (atenção, memórias infantis em risco!)



Para finalizar, se quiserem perguntar coisas sobre os filmes, não perguntem a quem trata dos jogos. Não dizem nada de jeito:

1 comentário:

Anónimo disse...

Acho piada ao país que fica por último conquistar no spot do RISCO ser o Afeganistão. Será que o Obama viu este spot quando era mais novo?