12 de abril de 2011

3D a 60 frames/seg

Douglas Trumbull


Douglas Trumbull é a ficção-científica. Quem está por trás de filmes como "Blade Runner", "2001: A Space Odyssey", "Close Encounters of the Third Kind", "The Andromeda Strain" e "Silent Running" não tem de dar mais nada ao cinema. No entanto, e apesar de estar a caminho dos 70 anos, continua a inovar.
Em 1983 enquanto realizava "Brainstorm" (o filme em que Natalie Wood morreu) estava a tentar usar uma técnica para captura de 60 frames por segundo em filme de 65 milímetros. Na altura a moda não pegou, mas a procura de velocidades superiores levou-o a criar uma produtora e a escrever um filme apenas para voltar ao tema.
A empresa chama-se Magnetar Productions e o argumento em fase de escrita ainda é desconhecido, inclusivamente o género. O que se sabe é que vai ser 3D, vai usar ShowScan Digital e que vai servir como veículo de promoção da técnica.
Tanto James Cameron como Peter Jackson estão interessados em filmar a 60 frames por isso a moda pode pegar.

Sem comentários: