17 de abril de 2010

Erupções e exibições


Nem de propósito esta erupção no vulcão que colocou a Europa em terra. Faz-nos pensar como estamos dependentes de um meio de transporte e do planeta-mãe.

A última vez que o espaço aéreo europeu esteve assim tão limitado foi durante a Segunda Grande Guerra. Então para se chegar de Paris à terra das oportunidades era preciso fugir pelo sul do Mediterrâneo, passar em Casablanca e, em Lisboa, finalmente voar.

Daqui a quatro semanas é suposto pessoas de todo o mundo reunirem-se em Cannes. O ano passado era a gripe A, este ano será o vulcão que assombrará o festival? Será que há festival sem convidados?
Como o Antestreia não pode faltar ao maior evento anual do cinema, já começamos a estudar alternativas de locomoção.

As principais rotas de Portugal para lá passam por Coimbra, seja carro ou comboio. De carro é mais rápido, mas deve-se fazer paragens a cada 2 horas e dormir ou revezar condutores.
O preço da viagem ferroviária é metade do preço da viagem rodoviária. Comprando bilhetes de ida e volta ainda fica mais barato, mas supondo que seja o fim do mundo Cannes é um bom local para morrer.



Então o que é preciso fazer para dia 12 estar em Cannes:

TransporteCarroComboio
Partidaà escolhaDia 10 18:55
Chegada15h30 de conduçãoDia 11 22:53
PercursoCoimbra
Vilar Formoso
Salamanca
Valladolid
Burgos
Victoria-Gasteiz
Baionne
Toulouse
Narbonne
Nimes
Aix-en-Provence
Cannes
(75€ portagens)
(150€ combustível)
Coimbra
(55€)
Hendaye
(17€)
Toulouse
(30€)
Marselle
(20€)
Cannes


Faço chuva ou faça sol, o Antestreia cumprirá sempre a sua missão!

Sem comentários: