20 de julho de 2010

"She's Out of My League" por Nuno Reis


Passageiro: You shouldn't be using your cellphone. It's bad for the plane.
Patty: Excuse me. Are you a plane doctor? No. So shut the hell up.


No seguimento do texto de ontem falemos então de Molly, organizadora de eventos. Segundo Kirk ela é demais e o mundo concorda. Para a descrever com uma palavra só poderá ser arrebatadora e quem olha para ela dá-lhe nota máxima na famosa escala de 10. Já Kirk foi educado numa família disfuncional (por exemplo o irmão é interpretado por Kyle Bornheimer, Sam Briggs da série "Worst Week") que gosta mais da ex-namorada de Kirk do que do próprio, tem nos colegas de trabalho no aeroporto os únicos amigos e confidentes, também eles medianos 6 na escala de avaliação.
Em "She’s Out Of My League" temos um caso de oito e oitenta. De um lado o homem vulgar, sem beleza, inteligência, dinheiro ou talento. Do outro uma mulher linda, divertida, empreendedora e bem sucedida. Sem nada em comum, o destino acaba por os juntar através de um iPhone perdido no aeroporto. Agora cabe a cada um deles esforçar-se em manter uma relação que todos condenam à partida.

É uma comédia inteligente quanto baste. Entre personagens e situações já foi tudo visto repetidas vezes, sendo a mistura um bocado melhor e mais original. A declaração de Kirk à ex-namorada poderia ser uma belíssima cena do bizarro, mas chega demasiado cedo, quando ainda o espectador não está ambientado e fica um pouco perdida. Melhor integrada no desenrolar da acção seria hilariante.
Por vezes tem um humor brejeiro ao estilo das mais populares comédias adolescentes ("American Pie", "There's Something About Mary"), mas as principais semelhanças temáticas serão com "Notting Hill" - a angústia do homem que não sabe se deve acreditar no coração ou na sociedade, a mulher que desespera em busca de alguém que a trate como uma pessoa com os seus defeitos e virtudes.

Quem vê cinema frequentemente terá a obrigatória sensação de dejá vu, mas de forma suportável e sentindo mesmo algum afecto ou comiseração pelas personagens. Para a história ficará apenas a cena do avião, talvez já sem a mais vaga memória de qual era o filme.

Título Original: "She's Out of My League" (EUA, 2010)
Realização: Jim Field Smith
Argumento: Sean Anders e John Morris
Intérpretes: Jay Baruchel, Alice Eve, T.J. Miller, Mike Vogel, Nate Torrence, Lindsay Sloane
Fotografia: Jim Denault
Música: Michael Andrews
Género: Comédia, Romance
Duração: 104 min.
Sítio Oficial: http://www.getyourrating.com/

2 comentários:

Nekas disse...

Passei um bom tempito, nada mais.


Abraço
Cinema as my World

Nuno disse...

Tem momentos, nada mais.