24 de fevereiro de 2011

Fantasporto 2011 - Dia 3

Ao terceiro dia a primeira desilusão.


A obra multi-geográfica "The Chameleon" de Jean-Paul Salomé, esteve uns furos abaixo das expectativas. Esta era a história de um adolescente desaparecido que voltava para a família. O elenco sonante (Ellen Barkin, Famke Janssen, Emilie de Ravin, Nick Stahl e o vencedor do César Actor Revelação 2008 Marc-André Grondin) nas mãos do realizador francês proporcionou uma história mediana, pouco credível - apesar de ser baseada em factos reais - e raramente com ritmo. A sala a metade da capacidade prenunciava isso.
Na sessão seguinte o cinema coreano, mais uma vez, provou que este vai ser um ano de escolha difícil para a decisão do júri. "Bedevilled" começa com uma história ligeira de represão e violência, e termina com um banho de sangue muito adequado ao festival. A sinopse publicada no blog estava um pouco desadequada por isso vai ser corrigida.



Numa pequena nota extra, o gadget das estreias deve estar mais rápido a carregar devido a uma optimização feita ontem após Fantas (o festival é uma grande fonte de inspiração).

Sem comentários: