24 de janeiro de 2010

"Julie & Julia" por Nuno Reis


Julie: You know what I love about cooking?
Eric: What's that?
Julie: I love that after a day when nothing is sure - and when I say nothing, I mean nothing - you can come home and absolutely know that if you add egg yolks to chocolate and sugar and milk it will get thick. It's such a confort.


Houve uma era em que apenas os homens trabalhavam e as mulheres ficavam em casa entretidas com jogos, costura ou culinária e para a maioria delas isso chegava. Até que apareceu Julia Child, e ela sabia que o mundo era mais do que isso. Era mais alta do que a maioria dos homens: isso nunca a impediu de ser feliz. Estava num país estranho: aprendeu a língua. Estava desocupada e gostava de cozinhar: estudou culinária. Achou o curso básico: inscreveu-se num outro para chefs. Entrou num mundo de homens e suplantou-os. Escreveu um livro, teve um programa de televisão e ensinou um país a cozinhar à la française.
Houve uma era, no início desta década, em que os blogs eram ainda um diário público. As pessoas escreviam os seus sonhos e objectivos sem medo de os mostrar ao mundo. Julie Powell, uma escritora falhada, desiludida com a sua vida, casa e com o deprimente emprego de dar apoio às vítimas do 9/11 decide blogar. O tema: culinária. A missão: receitas da Julia. O prazo: um ano. A rede 2.0 estava a arrancar (o Antestreia ia aparecer durante esse ano) e uma quase escritora acreditou na potencialidade de uma ferramenta que a expunha ao mundo.
Além do nome e da paixão pela comida, o que une estas duas mulheres? Nascidas em épocas diferentes, com educações diferentes, a única coisa em comum foi acreditarem em si mesmas e levarem o sonho avante, mesmo que fosse apenas para satisfação pessoal.

Nora Ephron adaptou para cinema estas duas vidas. No fundo são dois filmes num. "Julie" é um drama moderno e acelerado. "Julia" é uma comédia leve, um romance. E apesar de ter metade das duas horas, se a outra história saísse para dar lugar ao resto da vida de Julia o filme só teria a ganhar.
Fazer um paralelo não era possível. A aventura de Julia durou vários anos, a de Julie apenas um. Por isso para o filme "Julia" a vida louca começaria com a chegava a França em 1949 e terminaria quase quinze anos depois com o livro publicado. Bons velhos tempos em que os anos passavam devagar e ninguém tinha pressa.

Para interpretar Julia pela primeira vez na história do cinema tinha de ser uma actriz tão adorada como a retratada, versátil, acima de qualquer crítica. Aquela que a cada ano nos surpreende com um papel diferente, inesperado, brilhante. Meryl Streep é Julia Child para todos os efeitos e para sempre. Julie por outro lado teve tudo de mão beijada. Escreveu para o mundo e esperou por um telefonema. Para tirar as veneradas Julia e Meryl do ecrã e trocar por uma qualquer blogger também é preciso cuidado. A escolhida foi Amy Adams que ainda há um ano tinha também feito a proeza de ofuscar Streep em "Doubt". Não está excepcional ou memorável, mas cumpre o papel.
Os maridos delas correspondem ao talento. Stanley Tucci tem um desempenho maravilhoso e forma com Streep um casal adorável. Já Chris Messina faz o que pode numa personagem descartável, o marido de Julie é ofuscado por uma mulher que procura mais o sucesso (via blog) do que a felicidade conjugal.

Este filme será seguramente mais apreciado por pessoas com dotes culinários ou que tenham acompanhado o fenómeno Julia pela televisão. Quem acompanhou Julie pela blogosfera como um romance terá uma adaptação fiel. Para quem o vai ver apenas como cinema proporciona uns momentos bem passados, que obrigam a reflectir sobre a acelerada sociedade contemporânea. A comida e a doçaria não causam o efeito de "Chocolate", mas andam perto. Não ir ver de barriga vazia!

Título Original: "Julie & Julia" (EUA, 2009)
Realização: Nora Ephron
Argumento: Nora Ephron (baseada no livro de Julie Powell e no livro de Julia Child/Alex Prud'homme)
Intérpretes: Meryl Streep, Stanley Tucci, Amy Adams, Chris Messina
Fotografia: Stephen Goldblatt
Música: Alexandre Desplat
Género: Biografia, Comédia, Drama, Romance
Duração: 123 min.
Sítio Oficial: http://www.julieandjulia.com/

Sem comentários: