4 de novembro de 2010

Entrevista a Fernanda del Nido (parte I)

Dentro de duas semanas estreia em Espanha "18 Comidas", um dos grandes vencedores do festival de Ourense. O Antestreia decidiu aprofundar o tema e saber de onde surgiu a produtora TIC TAC que num ápice saltou de filmes sobre tomates, literalmente, para um manjar de 18 pratos.

A TIC TAC ainda não é conhecida por muitos dos nossos leitores. Aqui fica uma sinopse do que diz o site deles:
Tic Tac Producciones é uma produtora galega independente, fundada em 2006 por Fernanda del Nido. O seu objectivo principal é desenvolver e produzir longas-metragens de ficção e documentais.

Desde o início que aposta em co-produções entre a Europa e a América Latina e em novos realizadores de ambos os continentes.

Os projectos da Tic Tac Producciones têm percorrido um importante percurso internacional alavancado em grande número de festivais e têm o apoio de entidades e televisões regionais e internacionais.



O palmarés conseguido desde 2006 é impressionante. Destacaria os seguintes títulos:
  • "¿Que Culpa Tiene el Tomate?" (vários): apresentado no MOMA (Museum of Modern Art) de New York há um ano atrás, onde teve uma excelente recepção. Nos Mestre Mateo de 2009 (prémio da indústria cinematográfica galega) teve cinco nomeações e venceu o troféu de Melhor Longa Documental.
  • "Agua Fría de Mar" (Paz Fabrega): percorreu festivais da Europa, América Latina e Ásia coleccionando prémios onde se destaca o VPRO Tiger Award de Roterdão.
  • "18 Comidas" (Jorge Coira): prémio de Melhor Realização em Taormina, três prémios em Ourense (prémio do público, prémio especial do júri, menção especial do júri).
  • "Vienen por el Oro, Vienen por Todo" (Pablo D'Alo Abba & Cristian Harbaruk): Melhor documentário em Ourense.
    Estes três últimos ainda estão a ser exibidos em festivais e podem a qualquer momento ganhar mais prémios. Para 2011 há um outro filme prestes a ser lançado - "Tralas Luces" de Sandra Sanchez - a que desejamos igual sucesso.

    Ora fomos falar directamente com a fundadora Fernanda del Nido, uma argentina a viver na Galiza, e saber algo mais sobre eles e o seu próximo lançamento. Amanhã poderão ler tudo no Antestreia.

    Ler Parte II, Parte III
  • Sem comentários: