14 de novembro de 2010

Discurso de Colin Arthur em Braga


Colin Arthur é um dos maiores nomes do cinema quando se trata se efeitos especiais. Trabalhou em "2001", "Clash of the Titans", "Conan, "Red Sonja" e "Neverending Story". Apesar de apenas o primeiro ser intocável e estar por isso fora da lista de remakes, o seu trabalho foi pioneiro e ainda hoje é chamado para filmes. Em Braga foi um dos homenageados.

Colin Arthur Bragacine

Sinto-me como um representante da velha forma de fazer efeitos especiais, apesar de ainda estar de certa forma também envolvido nas novas técnicas de efeitos especiais, os CGI e esse tipo de coisas. É muito importante que eu refira os nomes de algumas das pessoas com quem trabalhei. Ray Harryhausen dos efeitos stop motion, cujo nonagésimo aniversário festejamos no British Film Institute há algumas semanas. E também Stuart Freeborn, que era o homem dos efeitos especiais e caracterização em filmes como Star Wars. Foi o responsável pela personagem Yoda, que na verdade é quase um auto-retrato. Por vezes nas minhas apresentações mostro fotografias com o Stuart quando trabalhamos no "2001" e mostro-o no "Star Wars quando ele moldou o Yoda.
Antes de nós... bem, podemos voltar para os velhos tempos do cinema, mas obviamente temos aqui aficionados (em espanhol no original) que sabem bem como começaram os efeitos especiais. Diria que isto é uma homenage (novamente em espanhol) aos efeitos especiais. Agradeço ao Stuart Freeborn, Ray Harryhausen e outro artista chamado Charlie Parker que tornou possível que eu, aliás, abriu-me as portas para que eu trabalhasse com Stanley (Kubrick). Muito obrigado a Braga. É um prazer estar convosco, são uns espectadores entusiásticos.


Dentro de umas horas publicaremos a entrevista exclusiva ao Antestreia.

Sem comentários: