3 de outubro de 2010

MotelX 2010 - Dia 4


Ao fim-de-semana não há cinema ao almoço. Ao fim-de-semana os filmes não são tão alternativos. Mas ao fim-se-semana continua a haver Romero. A sessão que fez com que a tarde valesse a pena pelos filmes foi o eterno "Creepshow" onde recordamos jovens como Ed Harris, Ted Danson e Leslie Nielsen e vemos Stephen King, que também escreveu o argumento, num dos poucos papéis da sua carreira.

Na conferência sobre Brit Horror ouvimos Alan Jones, Gerard Johnson, Peter Ferdinando e Christopher Smith, a conversar sobre filmes, sobre correntes, sobre passado e futuro. Falou-se também das outras cinematografias pujantes do terror europeu (especialmente "Let the Right One In", "REC", "Martyrs"), mas sobre tudo isso poderão ler mais tarde num artigo dedicado.

Na sessão das 22 (esgotadíssima) os espectadores dividiram-se entre "Centurion" e "Primal" que em sentidos diferentes foram bem recebidos. Na noite as expectativas em torno de "Fired" tornaram-no numa grande desilusão.

That's all folks. Ainda há mais um dia de MotelX, mas o Antestreia a partir de hoje estará a cobrir o festival de Ourense onde o Fantasporto será homenageado já esta terça-feira.

Sem comentários: