16 de outubro de 2011

Palmarés completo Sitges 2011

Competição de Cinema Fantástico


Júri: J. A. Bayona, Quim Casas, Lisa Marie, Ryoo Seung-Wan, Richard Stanley

Melhor Curta (ex-aequo)
Dirty Silverwear, de Steve Daniels
The Unliving, de Hugo Lilja

Melhor Desenho de Produção
Marc Thiébault por Livide (Alexandre Bustillo & Julian Maury)

Melhor Caracterização
Steven Kostanski por The Divide (Xavier Gens)

Melhores Efeitos Especiais
Lluís Castells e Javier García por "Eva" (Kike Maíllo)

Melhor Banda Sonora Original
Steven Price por Attack the Block (Joe Cornish)

Melhor Fotografia
Markus Förderer e Tim Fehlbaum por Hell (Tim Fehlbaum)

Melhor Argumento
Lucky Mckee e Jack Ketchum, per "The Woman" (Lucky Mckee)

Melhor Actriz
Brit Marling por Another Earth (Mike Cahill)

Melhor Actor
Michael Parks por "Red State" (Kevin Smith)

Melhor Realizador
Na Hong-jin por The Yellow Sea

Prémio Especial do Júri
Attack the Block, de Joe Cornish

Melhor Filme
"Red State" de Kevin Smith


Competição Órbita


Júri: Àlex Aguilera, Paco Cabezas, Manlio Gomarasca

Prémio Especial do Júi
Colour Bleed, de Peter Szewczyk (curta)

Melhor Filme
Guilty of Romance, de Sion Sono


Júri Carnet Jove


Júri: Eric Antonell, Gerard Fossas, Alberto Martin, Sergi Marí, David Vilaplana

Melhor Filme
Bellflower, d’Evan Glodell

Melhor Filme Midnight Extreme
Detention, de Joseph Kahn


Novas Visões


Júri: Anaïs Emery, Javi Giner, Loris Omedes

Melhor Filme
Night Fishing, de PARKing CHANce (Park Chan-wook i Park Chan-kyong)

Melhor Filme Não-Ficção
Knuckle, d’Ian Palmer

Melhor Filme Discovery
Invasion of Alien Bikini, d’Oh Young-doo

Melhor Filme Ficção Negra
Kill me please, d’Olias Barco

Melhor Curta Metragem
Coup de grace, de Clara van Gool

Menção Especial
Underwater Love, de Shinji Imaoka


Casa Ásia


Júri: Jordi Ojeda, Carles Santamaria, Pil Sung-Yim

Melhor Filme
The Unjust, de Ryoo Seung-wan


Prémio do Público


Attack the Block, de Joe Cornish


Nova Autoria


Júri: Arnau Bataller, Sílvia Munt, Maria Ripoll

Melhor Realizador
La gota, de Daniel Piera i Beatriz Escolar (Universitat Ramon Llull-Blanquerna).

Melhor Argumento (ex-aequo)
Camille, de Carme Puche (Universitat Oberta de Catalunya – UOC)
Exercici, de Raúl Pérez (Bande à Part).

Melhor Música Original
Chroma, de Juan Andrés González (Universitat Pompeu Fabra).

Menção Especial (pelo interesse do trabalho documental)
Me llamo Peng, de Jahel Guerra e Victoria Molina de Carranza (Universitat Autònoma de Barcelona – UAB).

Menção Especial (pelo interese do trabalho de animação)
Desde el averno, de Raúl García, Núria Argemí, Mariona Consuegra, Saúl Darú, Maria Moreira, Clara Vallvé e Bernat Vilaseca (Escola d’Animació de Catalunya, 9 Zeros).


ANIMA'T – Premi Gertie


Júri: Jordi Ojeda, Carles Santamaria, Pil Sung-Yim

Melhor Longa
Tatsumi, d’Eric Khoo

Melhor Curta
Dripped, de Léo Verrier

Melhor Longa para a família
Leafie, d’Oh Sung-yoon


MÉLIÈS D’ARGENT


Júri: Àlex Aguilera, Paco Cabezas, Manlio Gomarasca

Melhor Longa Europeia de Fantástico
Kill List, de Ben Wheatley

Menção Especial
Hell, de Tim Fehlbaum
Krokodyle, de Stefano Bessoni

Melhor Curta Europeia de Fantástico
The Unliving, d’Hugo Lilja

Menção Especial
Magic Piano 3D, de Martin Clapp


MÉLIÈS D’OR



Melhor Longa Europeia de Fantástico
Balada Triste de Trompeta, d’Álex de la Iglesia

Melhor Curta Europeia de Fantástico
Suiker (Sugar), de Jeroen Annokkee


Prémio da Crítica


Júri: Desirée De Fez, Carlos Losilla, José Luis Losa

Attack the Block, de Joe Cornish

Prémio Citizen Kane


Realizador revelação (ex-aequo)
El páramo, de Jaime Osorio
Trabalhar cansa, de Juliana Rojas e Marco Dutra


Prémio Brigadoon Paul Naschy


Júri: Adrián Cardona, Rafa Dengrà, Leticia Dolera

Melhor curta
8, de Raúl Cerezo

Sem comentários: