13 de dezembro de 2010

"Date Night" por Nuno Reis

Segundo a lei da inércia se a resultante de todas as forças aplicadas num corpo for nula, esse corpo ou está em repouso ou tem um movimento uniforme. Ora isto é uma excelente metáfora para a vida social. Enquanto uma pessoa se mantém activa, acha-o natural. Estando em repouso custa sair desse estado. E aqui as forças exteriores (os pesos, se quiserem ser menos metafóricos) são os filhos. Mas vou deixar de ser politicamente incorrecto e passar ao filme que é o que importa.
Phil e Claire são um casal que tentou manter a chama acesa ao longo de toda a vida conjunta. No meio das correrias do trabalho e com os filhos, sobra-lhes sempre um momento a dois. Até ao dia em que se sentem demasiado cansados para isso. Temendo o fim do romance Phil vai fazer uma loucura e ocupar uma reserva sob outro nome num restaurante de luxo. Só que o nome adoptado só não tinha ninguém para jantar porque eram procurados por uns criminosos. Agora o pacato casal dos subúrbios vai ter de lidar com espionagem de alto nível numa vida muito mais emocionante do que desejavam, e provavelmente mais curta.

É um veículo para dois comediantes de topo do cinema americano: Steve Carell num dos muitos papéis que fez este ano, Tina Fey numa das poucas aparições em tela dos últimos anos. Fazem um casal que tem logo à partida a simpatia do espectador e pouco faz para alterar isso. Não ousa, nem inova e por isso não se compromete, mas dá sempre vontade de rir. Nos papéis secundários Mark Wahlberg, James Franco e Mila Kunis Dão um mero retoque cénico. Não ficam mal na imagem e sempre são mais uns nomes sonantes para dar credibilidade ao projecto.
Como filme de acção é pouco convencional. Wahlberg é o único que encaixaria no perfil de agente secreto/galã, as mulheres fatais são apenas decorativas, os heróis são mais desajeitados do que inteligentes e os toques de comédia quebram o ritmo da acção. Por isso tudo é que funciona tão bem como comédia e o tempo passa muito depressa.

Não é um filme que seja procurado especificamente, é um daqueles que pode passar várias vezes na TV sem incomodar e ver ou não ver se torna indiferente. Era bom que houvesse pelo menos um destes todas as semanas.

Date NightTítulo Original: "Date Night" (EUA, 2010)
Realização: Shawn Levy
Argumento: Josh Klausner
Intérpretes: Steve Carell, Tina Fey, Mark Wahlberg, Taraji P. Henson, Jimmi Simpson, Common
Música: Christophe Beck
Fotografia: Dean Semler
Género: Comédia, Crime, Romance
Duração: 88 min.
Sítio Oficial: http://www.datenight-movie.com/

Sem comentários: