16 de junho de 2011

Concurso de Contos de Sci-Fi – Fantasporto 2012


O Fantasporto dedica o Programa Especial de 2012 à Ficção-Científica. O festival solicitou a Rogério Ribeiro a coordenação de um Concurso de Contos de Ficção-Científica, para posterior publicação numa Antologia de Ficção-Científica a editar pela Gailivro (Grupo Leya) que terá apresentação na 32º edição do Fantasporto.
O regulamento está abaixo mas pode também ser consultado no blog da iniciativa:
Contos Fantas

Basicamente até 14 de Outubro podem submeter um conto com um máximo de 75000 caracteres. Os melhores serão publicados em livro. Durante um ano os direitos estão com a Gailivro, mas recebem a vossa parte do lucro.

Algumas notas sobre Rogério Ribeiro:
Nasceu em Torres Novas, em 1971. Licenciou-se em Biologia e enveredou pela investigação científica, tendo artigos publicados internacionalmente e prémios no currículo. Foi editor do fanzine Dragão Quântico e é editor da revista Bang!, membro-fundador e presidente da Épica – Associação Portuguesa do Fantástico nas Artes e organizador do Fórum Fantástico. É aindo promotor principal das Conversas Imaginárias cuja última edição decorreu no Porto (e onde eu fui um dos oradores).

Concurso de Contos de Ficção Científica – Fantasporto 2012

Regulamento

O Fantasporto – Festival Internacional de Cinema do Porto decidiu celebrar na sua edição de 2012 o Cinema de Ficção Científica. Paralelamente a essa iniciativa, promove o presente Concurso de Contos de Ficção Científica – Fantasporto 2012, com o seguinte regulamento:

1- São aceites contos inéditos, em língua portuguesa, com reconhecíveis elementos de Ficção Científica. Tratando-se de um género vasto, que transcende definições simples, os critérios de avaliação serão baseados em três pilares: ambiência, carácter especulativo e criatividade.

2- Cada autor só poderá submeter um conto a concurso. A extensão máxima de cada conto a concurso será de 75.000 caracteres (incluindo espaços).

3- Os contos deverão ser submetidos em ficheiro electrónico, formato rtf ou word, como anexo de um email enviado para contos.fantas@gmail.com. O ficheiro do manuscrito terá formatação A4, espaçamento de linha e meia, fonte Times New Roman, tamanho 12. O manuscrito apenas será identificado, na página de rosto, pelo título do conto e pseudónimo do autor. O corpo do email de submissão incluirá o pseudónimo, o nome verdadeiro, morada e contacto telefónico. O título do email de submissão deverá incluir a referência “Concurso de Contos de Ficção Científica – Fantasporto 2012”.

4- Os contos seleccionados serão incluídos na Antologia de Contos de Ficção Científica – Fantasporto 2012, organizada por Rogério Ribeiro e publicada na colecção 1001 Mundos (Ed. Gailivro). Caberá ao organizador determinar quantos contos a concurso, para além do vencedor, poderão ser publicados; respeitando para isso a ordenação atribuída pelo Júri. A par dos contos a concurso seleccionados, a Antologia conterá também contos de autores convidados, nacionais ou estrangeiros.

5- A data limite de submissão de manuscritos é 14 de Outubro de 2011. Os contos recebidos em data posterior serão automaticamente excluídos. O resultado do Concurso será anunciado até ao fim de Novembro. A Antologia será lançada durante o Fantasporto 2012, a realizar de 20 de Fevereiro a 4 de Março de 2012.

6- O Júri do Concurso de Contos de Ficção Científica – Fantasporto 2012 será constituído pelo organizador da Antologia e por um representante da Editora Gailivro. Adicionalmente, serão convidados outros membros de reconhecida competência. A constituição efectiva do Júri apenas será tornada pública aquando do anúncio do vencedor.

7- O Júri designará um vencedor do Concurso, e várias menções honrosas, devidamente ordenadas. O Júri poderá decidir não distinguir qualquer conto a concurso, caso entenda não estarem preenchidos os devidos padrões de qualidade. Os membros do Júri não poderão participar com contos a concurso. A decisão do júri é final.

8- Cada autor publicado terá direito a um exemplar gratuito da Antologia e aos respectivos direitos de autor pagos pela Editora Gailivro; calculados por divisão entre os autores publicados. A reprodução dos contos publicados até um ano após a data de lançamento da Antologia só poderá ser feita por concordância do organizador da Antologia e da Editora, a pedido do autor. Nos restantes casos, os autores mantêm a total propriedade da sua obra.

9- As questões não cobertas por este regulamento serão resolvidas pelo organizador da Antologia.

10- A submissão ao Concurso de Contos de Ficção Científica – Fantasporto 2012 pressupõe a aceitação integral do presente regulamento.

Sem comentários: